04
jul
2015

Márcio Jardim participa da apresentação da Tocha Olímpica dos Jogos Rio 2016

Tocha foi apresentada oficialmente em Brasília. Símbolo dos jogos olímpicos, ela ainda será levada para a Grécia.

Foto-1-Tocha-olímpica

Secretário de Estado do Esporte do Maranhão e o Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Ontem sexta-feira (3), o secretário estadual de esportes, Márcio Jardim, participou da Cerimônia de Lançamento da Rota do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, em Brasília.

A jornada da Tocha que será iniciada em maio de 2016, na Grécia, tem o estado do Maranhão confirmado no revezamento. São Luís já foi confirmada como cidade celebração (municípios escolhidos para receberem eventos comemorativos na passagem da tocha) e a tocha olímpica ainda vai passar por Imperatriz, Barreirinhas e Alcântara.

Para Márcio Jardim, o revezamento da tocha olímpica simboliza, sobretudo, união. “A passagem da tocha é um momento marcante, que simboliza a união de povos e nações. É também momento de celebração de valores como a amizade, a paz e a solidariedade. Onde a tocha estiver no Maranhão faremos uma grande festa!”, afirmou.

Evento

Movimento, inovação, brasilidade: estas três palavras resumem a tocha Olímpica Rio 2016, apresentada no Auditório da Fundação Habitacional do Exército, em Brasília. Movimento em seu design curvilíneo e suave; inovação no seu mecanismo de acendimento da chama, jamais presente em tochas Olímpicas; brasilidade em suas cores e ícones, que remetem às belezas naturais do país-sede dos primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul.

O evento de lançamento da tocha – que contou com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, além de personalidades do esporte nacional, como os medalhistas Olímpicos Torben Grael, Isabel Swan (ambos da vela), Bernard, Leila e Paulão (os três do voleibol) – também apresentou as 83 cidades do Brasil já confirmadas como integrantes do revezamento. Essas cidades, incluindo as 26 capitais estaduais e Brasília, serão o destino da tocha ao fim de cada dia de revezamento – ou seja, onde ela irá “dormir” –, com exceção de quando houver paradas técnicas ou momentos especiais de passagem da tocha.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo