05
abr
2019

Mais uma cadeira para Sarney no governo Bolsonaro

Nas eleições gerais de 2018 o grupo político de José Sarney sofreu a maior derrota da história do grupo.

Durante a campanha eleitoral do ano passado, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) se esforçou para associar sua imagem à do ex-presidente Lula em busca de votos. A estratégia, no entanto, não deu certo e a emedebista acabou derrotada logo no primeiro turno. Como fracasso nas urnas, Roseana e demais membros do clã Sarney decidiram apoiar Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno.

O apoio político começou a dar frutos. Nesta quinta-feira (4), o oligarca José Sarney mostrou que tem força até no governo Bolsonaro e conseguiu emplacar um aliado para cargo no alto escalão do governo Bolsonaro.

Trata-se de João Manoel Santos Souza, pastor evangélico neopentecostal, escolhido para ser o novo secretário Nacional de Esporte de Alto-Rendimento. Por ter mais viabilidade, o cargo é o mais importante a Secretaria de Esporte.

Nas eleições gerais de 2018 o grupo político de José Sarney sofreu a maior derrota da história do grupo. Além de Roseana, também perderam as eleições o ex-senador Edison Lobão (MDB) e o ex-deputado federal Sarney Filho (PV).

Mesmo aposentado, Sarney luta para manter nomes da oligarquia no poder. Além do secretário Nacional de Esporte, o oligarca maranhense conseguiu manter a cadeira da Presidência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) com a apadrinhada Kátia Bogéa.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo