19
jul
2016

Luiz Gonzaga precisa se pronunciar a respeito do assédio e perseguição contra Litia Cavalcante

litia

Desabafo da promotora aconteceu pelas redes sociais…

Pouco mais de um mês à frente da procuradoria geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, terá de mostrar serviço e atuar como bombeiro para apagar chamas dentro da própria instituição.

É que nesta terça-feira (19), a conceituada promotora de Justiça de Defesa do Consumidor, Litia Cavalcante, mesmo sem citar nomes, fez um desabafo em sua página no twitter (confira ao lado).

E ao que parece, trata-se de represália que vem sofrendo dentro da própria instituição.

De acordo com Lítia, ela é alvo de assédio moral no exercício da sua função. E se diz vítima de uma perseguição por “defender pessoas sem esperança de justiça”.

“Esse é o preço de se lutar por JUSTIÇA!!! A injustiça e o pior pesadelo q se pode viver. Hj estou como um personagem de Kafka. Tudo por defender pessoas sem esperança de justiça […] Absurdo sem fundamentos cometidos por quem deveria ser os guardiões da moralidade e principalmente da carta magna. Um inferno sem fim […] Asedio moral!! A realidades que estou vivendo”, desabafou pela rede social.

Diante da grave denúncia da promotora – admirada pela sociedade maranhense no desempenho da função pública – espera-se que o chefe do MP se pronuncie a respeito do caso de assédio e perseguição que Lítia diz ser vítima.

1 Comentário

  1. servidor disse:

    Quem sera que esta por traz dessa perseguição? hein, hein …. acho que todo mundo ja sabe.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade