23
jun
2020

Licitação para combate e prevenção da Covid-19 apontam para superfaturamento na gestão Juran Carvalho, em Presidente Dutra

Documentos oriundos de um recente processo de compra de insumos de combate e prevenção à Covid-19 na gestão Juran Carvalho, em Presidente Dutra, apontam que o procedimento pode acabar sendo alvo de investigação tão fortes são os indícios de que houve superfaturamento em preços apresentados.

Assinado no dia 28 de abril deste ano com a América Farma, do Piauí, o contrato decorrente da Dispensa de Licitação 41/2020 prevê o pagamento de R$ 644,6 mil pelo fornecimento de “kits de testes rápidos, respiradores e materiais correlatos hospitalares de prevenção e combate ao CONVID 19 (sic)”.

Um dos preços suspeitos é o da máscara N95, indicada para profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia. Segundo o contrato, uma unidade custará R$ 234. Mas, já em tempos de pandemia, ela pode ser encontrada em diversos fornecedores por preços que variam de R$ 13,90 a R$ 50.

O avental cirúrgico mais simples, que pode ser encontrado no mercado por algo em torno de R$ 15, foi vendido à Prefeitura de Presidente Dutra por R$ 31,80.

Medicamentos

Um segundo contrato da gestão Juran Carvalho, desta vez com a Droga Rocha Distribuidora, também do Piauí, novamente levanta suspeitas pelos preços praticados.

Nesse caso, a empresa fornece medicamentos.

Pelos dados do processo, a prefeitura pagará, por exemplo, pouco mais de R$ 49 mil por 45 caixas de “Insulina Levemir FlexPen”. Cada unidade, nesse caso, custará R$ 1.101,78 aos cofres públicos. Pesquisa na internet, contudo, revela que o mesmo produto pode ser adquirido por R$ 85. Mais de 1.000% de diferença.

O mesmo ocorre no caso da “Imunoglobina Anti-rhd”. Preço contratado em Presidente Dutra: R$ 624,72 a ampola. Preço de mercado: R$ 265.

Outra disparidade: um curativo de hidrogel fornecido pela Droga Rocha ao Município custará nada menos que R$ 260,41, mas o mesmo produto pode ser encontrado por até R$ 45.

Desde o início do ano, até o mês de maio, a gestão Juran Carvalho já recebeu R$ 8,2 em aportes para a saúde municipal. Desse total, R$ 730 devem ser para uso exclusivo no combate ao novo coronavírus.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo