08
jul
2014

Leonardo Bruno perde também na Justiça a eleição da Câmara de Paço do Lumiar

Mesmo com apoio do Prefeito Josemar Sobreiro(PR) Leonardo Bruno protagonizou derrota histórica

Mesmo com apoio do Prefeito Josemar Sobreiro(PR) Leonardo Bruno protagonizou derrota histórica

Não foi só no voto que o Presidente da Câmara de Paço do Lumiar, Leonardo Bruno(PPS) perdeu a antecipação da Mesa Diretora, o inexperiente parlamentar agora acumula também perda na Justiça.

Bruno queria liminar para que fossem suspensos com eficácia ex tunc (retroativo) os efeitos da reabertura e do prosseguimento da sessão realizada em 19/06/2014, que elegeu a chapa “Renascer” na eleição de antecipação da Mesa Diretora do Parlamento luminense, composta pelo presidente eleito Jorge Marú (PROS) ; 1ª vice – presidenta Sílvia Inácio (PRP); 2º vice – presidente Marinho do Paço (PP); 1º secretário Marcelo Portela (PHS) e 2º secretário o vereador Miau Oliveira (PCdoB).

Leonardo informou no processo que a exoneração do vereador André Costa(PTdoB) então Secretário Municipal de Agricultura, somente chegou à Câmara minutos antes do término do expediente administrativo, de modo que não houve tempo hábil a realizar a convocação. E sustentou que esse foi o obstáculo intransponível para validade da sessão extraordinária, pois na data de sua abertura, existia um vereador que não havia sido convocado para participar da solenidade.

Mas, o Juiz de Direito Jamil Aguiar da Silva da Primeira Vara do Município, indeferiu o pedido de tutela antecipada liderado por Leonardo Bruno que pleiteavam a concessão de tutela antecipada. O magistrado ao observa os documentos juntados, afirmou que o Presidente da Câmara não conseguiu apresentar prova inequívoca da verossimilhança das suas alegações.

Desistência sábia

Em tempo, sabiamente o vereador Wellington Sousa (PSB) que também assinava o processo contra o G-8 (grupo de oito vereadores), protocolou o pedido de desistência no Fórum Desembargador Tácito Caldas, referente ao processo movido contra os oito vereadores. Souza alega que não tem qualquer interesse na continuidade do processo.

Abaixo a íntegra da Decisão:

Justiça nega pedido de suspensão da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal - paço do Lumiar

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo