20
jan
2022

Kroton dá calote milionário em empresa que construiu ampliação da Faculdade Pitágoras na Avenida Rei de França, no Turu

Prédio construído pela construtora na Avenida Rei de França no bairro do Turu em São Luís...

Prédio construído pela construtora no bairro do Turu em São Luís não foi pago em sua totalidade.

O poderio financeiro da Kroton Educacional, contraditoriamente, se confunde com a irresponsabilidade e acusação de calote da gigante dona da rede Pitágoras de ensino.

O Blog do Domingos Costa recebeu denúncia documentada que acusa a líder do setor educação superior privada no Brasil – que comprou em maio de 2011, por R$ 31,6 milhões, a Faculdade Atenas Maranhense (Fama) com um total de 5 mil alunos -, de aplicar calote em uma construtora de São Luís.

No ano de 2012 a Kroton contratou a empresa maranhense para fazer a ampliação da Faculdade, que passou a se chamar Pitágoras – Turu. A construção dos prédios se deu em um terreno ao lado da antiga FAMA (foto), localizada na Avenida Rei de França no bairro do Turu em São Luís.

A obra durou cerca de três anos, portanto, concluída em 2015 e foi entregue sem pendência à Kroton Educacional. Ocorre que dos R$ 8 milhões correspondentes ao total da construção de cinco prédio de 60 salas cada (total de 300 salas), está faltando o pagamento correspondente a dois blocos de 60 salas cada.

Em valores atualizados o débito alcança cerca de R$ 2 milhões. Isto é, são 120 salas do prédio de ampliação da Faculdade Pitágoras no Turu que nunca foram pagos pela Kroton Educacional à empresa que executou a obra.

Nos documentos obtidos pelo Blog do DC, a empresa cobra também pagamentos relativos a operação urbana, pavimentação, paisagismo, urbanização dos prédios entre outros serviços executados que não foram pagos.

Diante do calote da Kroton, o caso foi parar na Justiça no ano de 2016. E mesmo a Faculdade já perdido na primeira e segunda instância, os advogados da instituição continuam recorrendo das decisões. O processo tramita há seis anos no judiciário maranhense, e atualmente, encontra-se no TJ-MA em fase final de julgamento de recurso.

– Casos escabrosos 

Nessa construção da ampliação da Faculdade Pitágoras/Turu que resultou num calote e foi parar na justiça, o Blog do DC conseguiu descobrir que existem dois casos escabrosos ocorridos durante a obra.

O primeiro diz respeito a agressão física e covarde de um jovem e musculoso Engenheiro contratado pela Kroton para fiscalizar a obra, contra um colega de profissão [já idoso] funcionário da empresa executora dos prédios, o episódio que quase resultou em homicídio teve desdobramentos na Delegacia e também foi parar na justiça.

A outra situação é ainda mais grave. Trata-se da morte dentro da obra de um eletricista contratado pela Kroton que entrou na sala de alta tensão, onde ficam os geradores, sem os devidos equipamentos de EPI (Equipamento de Proteção Individual). O caso nunca foi apurado com a devida atenção pela Polícia Civil para apontar os culpados.

Esses dois casos o Blog do DC conta em outros posts, até lá…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade