14
jun
2017

Justiça determina que emissora do deputado Roberto Costa pare de denegrir Patrícia Vieira

Decisão do juiz Marcelo Silva Moreira determina que a TV Difusora no município de Bacabal, comandada pelo deputado estadual Roberto Costa (PMDB), se abstenha de falar o nome primeira-dama, Patrícia Vieira, ou mesmo fazer menção de sua pessoa sem citar o nome, denegrindo sua imagem nos programas apresentados pela emissora.

A determinação veio em resposta a um processo tramita no Juizado Especial Civil e Criminal da cidade, por conta dos constantes ridicularização que vem sendo vítima a esposa do prefeito Zé Vieira. Patricia decidiu mover ação judicial contra a TV por, diuturnamente, a Difusora dedicar boa parte de sua programação jornalística para atacar a sua vida pública e até pessoal da primeira-dama.

A intenção de Roberto Costa não é outra, senão tentar fragilizar a administração municipal e, como consequência, manchar a reputação de uma eventual concorrente em disputas eleitorais futuras. Na decisão, o magistrado que concedeu, em parte, antecipação de tutela requerida pelos advogados de Patricia, deixa claro que essa medida prevalecerá até o final do julgamento e, caso haja descumprimento, a emissora do peemedebista fica condenada a pagar multa diária.

Na ação movida pela primeira-dama há também pedido de resposta às ataques sofridos por ela na programação da emissora. Neste caso especifico ainda não houve a manifestação por parte do magistrado.

1 Comentário

  1. Kleber santos disse:

    Ninguém pode mais falar da primeira dama de bacabal Dona flor kkkkkkkkkkkk

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo