20
nov
2015

Justiça decide pela permanência do bloqueio dos bens do Prefeito de Humberto de Campos

PREFEITO-DECO.1

Ação que investiga o Prefeito Deco sobre fraude em licitações e desvio de recurso público na construção da quadra da localidade Toboa, tramita normalmente na Justiça.

Depois que retornou ao comando da Prefeitura de Humberto de Campos – no último dia 03/11, após seis meses afastado por corrupção, o prefeito Raimundo Nonato dos Santos, o Deco (PMN), teve recente derrota no Tribunal de Justiça.

O prefeito que segundo o Ministério Público é corrupto, teve os bens permanecidos bloqueados por despacho do Des. Antonio Gerreiro Junior da última quarta-feira(18). O magistrado julgou prejudicado e negou seguimento ao Agravo de Instrumento nº 039064/2015.

Deco tinha ajuizado um recurso no dia 06 de agosto em que pedia seu retorno ao cargo de prefeito e o desbloqueio de seus bens. Na semana seguinte, dia 13, o prefeito entrou com um novo pedido para que o Agravo fosse prejudicado e para que seus bens fossem desbloqueado.

De forma que o recurso foi julgado prejudicado, o que é natural, uma vez que o tempo de afastamento do prefeito já tinha findado, mas acontece que o desembargador negou seguimento quanto ao desbloqueio dos bens do gestor, mantendo a decisão anterior do bloqueio.

Em termos práticos, o prefeito voltou ao cargo mas continua com seus bens bloqueados até que haja decisão posterior, devido a Ação que o investiga sobre fraude em licitações e desvio de recurso público na construção da quadra da localidade Toboa.

E acreditem, o caso ainda vai render. Aguardem…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo