11
jul
2018

Júnior Bolinha vai cobrar empréstimo de agiotagem e acaba preso

Sob acusação de de extorsão e agiotagem, Bolinha foi preso em sua residência, no bairro do Araçagi, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva.

Bolinha foi denunciado por um empresário da cidade de Olho D´Águas das Cunhãs.

A equipe da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) cumpriu, na manhã desta quarta-feira (11), mandado de prisão preventiva em desfavor de José Raimundo Sales Chaves Júnior, o Júnior Bolinha, que responde por envolvimento no caso Décio Sá.

Ele, que estava solto desde dezembro de 2017, é apontado, desta vez, por crimes de extorsão e agiotagem.

Júnior Bolinha emprestou cerca de R$ 100 mil a um empresário do município de Olho d’Água das Cunhas.

Bolinha chegou a receber uma parte do dinheiro de volta, mas estaria ameaçando o empresário para que devolvesse o restante.

A prisão foi realizada na residência dele, no bairro Araçagi. Júnior Bolinha foi preso preventivamente em 2012, acusado de ser um dos mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo