04
out
2014

Jorginho Murad foi o autor da divulgação de certidão falsa do TSE contra Flávio Dino

Print da página do Facebook do vice-prefeito de PeritoróA polícia Federal já tem o nome do principal suspeito de ter praticado a fraude da divulgação de certidão falsa do TSE contra Flávio Dino.

Tudo foi inventado pelo translouco, Jorginho Murad,  vice-prefeito de Peritoró, que divulgou a fraude via facebook, como diz o Blog do Garrone.

A certidão falsa do TSE, dizia que a candidatura de Flávio Dino está sub judice “por ser beneficiário em esquema de tráfico de influência envolvendo o presidente do Tribunal de Contas do Estado”.suspeito

A falsificação do documento do TSE é parte da trama iniciada com a coletiva do candidato Edinho Lobão na tarde de quinta-feira, quando acusou a partir de um áudio gravado pela governadora Roseana Sarney, o presidente do TCE-MA, Edmar Cutrim, de utilizar o cargo para beneficiar a candidatura das oposições.

Em seguida publicam matéria no jornal O Estado do Maranhão, onde um “especialista” em Direito Eleitoral, por acaso, o advogado Marcos Lobo, ex-procurador-geral do Estado por obra e graça de Ricardo Murad, afirma que a denúncia poderá anular as eleições.

Depois da orquestração aparece a certidão falsa do TSE, dizendo, vejam só, que a candidatura de Flávio Dino está sub judice “por ser beneficiário em esquema de tráfico de influência envolvendo o presidente do Tribunal de Contas do Estado”.

Uma armação completa para enganar o eleitor, e assim tentar mudar os resultados das urnas, que de acordo com todas as pesquisas eleitorais divulgadas até agora, devem confirmar a vitória de Flávio Dino ainda no primeiro turno.

No início da noite desta sexta-feira, a coligação “Todos pelo Maranhão” concedeu coletiva repudiando ações de terrorismo eleitoral com o objetivo de prejudicar o resultado das eleições no próximo domingo, e que o caso será investigado pela Polícia Federal.

Durante a coletiva os coordenadores da Coligação Todos pelo Maranhão reiteraram que a candidatura de Flávio Dino “não tem nenhum tipo de questionamento e que, portanto, ele está apto a participar do pleito eleitoral”, confirmado pela certidão original do TSE, que foi distribuída aos jornalistas.

A Coligação Todos pelo Maranhão lançou nota de repúdio contra mais esse atentado contra a democracia.

LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA 

Certidão original emitida pelo TSE confirmando que não há nada contra a candidatura de Flávio Dino

Certidão original emitida pelo TSE confirmando que não há nada contra a candidatura de Flávio Dino

A coligação Todos pelo Maranhão (PCdoB, PP, PSDB, PPS, PTC, PSB, PROS e SD) repudia de forma veemente a tentativa de manipulação da opinião pública para tentar reverter o resultado das urnas no próximo

Muito atrás nas pesquisas, a coligação “Pra Frente Maranhão”, que defende a candidatura de Lobão Filho (PMDB), criou um verdadeiro terrorismo eleitoral com base em acusações falsas contra o candidato Flávio Dino (PCdoB).

Além de incluir Flávio Dino em áudio ilícito em que o candidato de nada é acusado, iniciou-se na manhã desta sexta (03) uma onda de boataria por todo o Maranhão. Panfletos apócrifos, boatos de internet e carros de som com mensagens falsas circulam no interior do estado com informações inverídicas.

O mais grave, no entanto, é a falsificação de documento público em nome do Tribunal Superior Eleitoral feito com o intuito de prejudicar Flávio Dino. A falsificação de documentos públicos é um grave crime previsto no Código Penal no artigo 297, com pena de 2 a 6 anos de reclusão e multa. Informamos que o caso foi levado ao conhecimento da Polícia Federal pelo deputado estadual Marcelo Tavares na tarde desta sexta-feira e ao Tribunal Superior Eleitoral(TSE).

O caso é agravado pela utilização do documento falso por gestores públicos, a exemplo do senhor Jorge Murad (vice-prefeito da cidade de Peritoró e sobrinho da governadora do Estado) que, em sua página oficial, deu como verdadeiro o documento falso.

Logo se percebe que a falsificação do documento atende a interesse do grupo Sarney e do seu candidato Lobão Filho.

Este foi mais um dentre vários episódios que trouxeram páginas lamentáveis para a história das eleições de 2014, quais sejam: abuso de poder político flagrado em reunião oficial do Governo do Estado; promessa de pagamento e regalias a presidiário para que este forjasse vídeo em ataque contra Flávio Dino; abuso de poder de mídia; e aparelhamento ilegal da Polícia Militar para espionagem de familiares do candidato oposicionista.

Repudiamos o uso de expedientes ilegais para tentar mudar o resultado das eleições que se avizinham e reiteramos o compromisso de Flávio Dino e toda a coligação “Todos pelo Maranhão” com a verdade, a legalidade e a justiça.

E conclamamos a sociedade para ir às ruas por Eleições Limpas e contra o jogo sujo que só tem a macular o processo eleitoral.

Márcio Jerry Saraiva Barroso

Presidente Estadual do PCdoB-MA

Marcelo Silva Tavares

Deputado Estadual pelo PSB

1 Comentário

  1. Luis ricardo disse:

    Dois Santinho dando nota de repudio. E pedindo eleições limpas. Que conhece um rato que não vive em esgoto?

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade