20
jun
2016

Internas da UPR Feminina participam de aula externa sobre arte, cultura e história do MA‏

Internas da UPR Feminina3

Internas durante visita à Casa do Maranhão

O Espigão da Ponta da Areia e a Casa do Maranhão foram alguns dos lugares visitados por um grupo de 15 internas da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) Feminina de São Luís. A iniciativa é uma extensão do que já vem sendo ensinado às detentas na Escola João Sobreira de Lima, por meio do projeto ‘Um olhar sobre a maranhensidade’, cujo objetivo é conscientizar sobre a cultura maranhense e contribuir para a reintegração social das apenadas, política prioritária do Governo do Estado.

O roteiro das internas teve início com a saída do ônibus, por volta das 14h. Acompanhadas de cinco docentes da Escola João Sobreira de Lima, onde estudam dentro do Complexo Penitenciário de São Luís, e escoltadas por uma equipe de agentes penitenciários, as internas vivenciaram um dia incomum. Elas visitaram pontos históricos e turísticos da capital, enquanto tomavam conhecimentos sobre a história, geografia e a arte produzida no estado.

No decorrer do trajeto, foi reforçado que o passeio é um complemento do trabalho desenvolvido com as internas durante as aulas ministradas de segunda a sexta-feira-feira, na unidade prisional. “Essa é uma oportunidade que elas terão de ampliar o conhecimento adquirido em sala de aula e terem outro olhar sobre os pontos turísticos da nossa cidade”, disse a diretora da UPR Feminina, Aldaíres Silveira.

Das 15 internas que integraram o grupo, três são de outros estados como Pernambuco e Ceará. Apesar de a maioria ser de São Luís, a aula externa fez jus à proposta do projeto e, mesmo elas conhecendo a cidade, a programação proporcionou aprofundamento sobre o Maranhão. “Muito interessante tudo o que nos foi repassado. Aprendi muito sobre a história, não só da nossa cidade, mas do nosso estado”, comentou a interna Maria Araújo, de 49 anos.

Antes de irem à Casa do Maranhão, localizada no Centro Histórico de São Luís, as internas passaram pela praia de São Marcos e depois foram levadas ao Espigão da Ponta da Areia, onde desceram e vislumbraram a paisagem. “Estou gostando muito disso tudo. Sair da unidade e respirar um ar diferente é muito bom. Sempre pensei no quanto isso iria ser bom, e agora sinto de verdade”, disse Cassia de Oliveira, de 26 anos, enquanto olhava o mar.

Centro histórico

Internas da UPR Feminina6

Internas passaram pela praia de São Marcos e depois foram levadas ao Espigão da Ponta da Areia, onde desceram e vislumbraram a paisagem.

Depois de uma parada no Espigão, o grupo seguiu para a Casa do Maranhão, onde foi recebido pela guia turística Leda Lis. Ali as internas da UPR Feminina puderam aprender um pouco sobre a história, tradições, patrimônio e artes que integram a formação sociocultural do Maranhão.

Empolgadas, as internas interagiram fazendo perguntas pertinentes a cada explanação da guia turística. Cercadas de informações culturais e educacionais, as custodiadas, sempre incentivadas pelas professoras, se sentiram muito à vontade para tirar as dúvidas. “A intenção é que elas saiam daqui com outro olhar sobre nosso estado, tendo vontade de aprender mais sobre nossos costumes, nossa cultura e queiram ampliar o conhecimento através da leitura”, pontuou uma das docentes, Maria de Jesus Nascimento.

Os recursos audiovisuais, as fotos, a arquitetura, as fantasias foram alguns dos pontos que chamaram a atenção do grupo. As internas puderam conhecer, ainda, os fatos mais marcantes da história do Maranhão, desde o início do século XX até os mais recentes. Também foram mostrados textos literários e poesias de escritores maranhenses.

No final do passeio, as internas lancharam e dialogaram muito sobre tudo que vivenciaram durante a exposição. Como parte das atividades, está prevista para a terça-feira (28), na própria UPR Feminina, a apresentação de trabalho focado no que elas apreenderam durante o passeio.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade