26
set
2018

Interino nomeado pelo Des. Marcelo Carvalho para o Cartório de Lago da Pedra tenta constranger o TJ-MA

Thiago Estrela é Tabelião em Alto Alegre do Pindaré, e nomeado para responder interinamente pelo Cartório de Lago da Pedra pelo Corregedor-geral do TJ,Des. Marcelo Carvalho Silva.

O presidente da Associação dos Titulares de Cartórios do Maranhão (ATC/MA), Thiago Estrela, tenta avultadamente criar um clima de guerra no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), e influenciar no voto de desembargador em um julgamento que deve acontecer nesta quinta-feira (27) , na 3ª Câmara Cível.

Desde as primeiras horas desta quarta-feira (27), Thiago por meio da assessoria de comunicação da entidade que presidente, direcionou um relesse para diversos blogs e portais de notícias, no qual esforçar-se para colocar desembargadores um contra o outro e, assim, fazer do TJ-MA um verdadeiro barriu de pólvora. O texto enviado pela ATC já foi publicado na íntegra em pelo mesmo três grandes blogs da capital.

O assunto em questão trata da continuação do julgamento do processo em que a ATC/MA questionam a portaria de nomeação de José Mauro Barbosa Arouche para o Cartório do município de Buriticupu. O processo judicial já possui dois votos a favor da recondução de Mauro, decretados pelo juiz convocado Osmar Gomes dos Santos e pelo desembargador Jamil Gedeon.

Tabelião titular do cartório de Alto Alegre do Pindaré, e que foi nomeado para responder interinamente pelo Cartório de Lago da Pedra pelo Corregedor-geral do TJ, desembargador Marcelo Carvalho Silva, Thiago Estrela atua de forma pessoal no sentido de tentar influenciar no terceiro voto do julgamento da Ação Rescisória, pertencente ao Desembargador Paulo Sérgio Velten, que pediu vista do processo.

Nessa empreitada maquiavélica contra o Tribunal de Justiça, Estrela conta com o apoio de Mirella Rosa, presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado doMaranhão – (ANOREG/MA).

Talvez, os dirigentes da ATC/MA e da ANOREG/MA não saibam que o atual presidente do Palácio Clóvis Bevilacqua não aceita esse tipo de conduta, tampouco pressão orquestrada à véspera de um julgamento, que tenta usar a imprensa maranhense para atacar a Corte Judiciária Maranhense e induzir no resultado final de um julgamento.

Verdade seja dita, essas manobras não colam e devem ser repudiadas pelos membros da Corte.

O clima de disputa, tensão e constrangimento não faz parte da gestão do presidente José Joaquim Figueredo dos Anjos. Hoje, no TJ-MA, reina a atmosfera de harmônia, paz e tranquilidade.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo