01
jun
2016

Incitar a desordem e prejudicar o direito de ir e vir da população. Pode isso?

ADVOGADO RAFAEL SILVA

Rafael Silva, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB.

Todos têm direito de manifestação, isso é fato, contanto que seja de forma responsável e pacífica. Mas não é bem assim que pensa o advogado Rafael Silva, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB. Mesmo com a sua formação, ele infringiu ‘feio’ as regras do Código de Ética em uma atitude intempestiva durante uma reunião realizada no último dia 24, na Igreja Católica de Bacabeira.

O movimento intitulado de ‘reunião’, foi pensado e organizado pelo capitão Lucas, do Corpo de Bombeiros. O propósito era discutir com a população sobre a instalação do Distrito Industrial II, no município.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, advogado Rafael Silva, que assim como o capitão Lucas não concorda com o projeto de desenvolvimento proposto, não segurou os ânimos e motivou a população a manifestar-se de forma irresponsável, interditando a BR-135, e chegou até cogitar a paralisação da ferrovia da empresa Vale.

“Tem horas que as coisas têm que ser assim. Quem concorda em fechar a BR? Então vamos lá pras lideranças locais acertar dia, hora, momento. Como? Parar a ferrovia da Vale?”, disse o advogado em alto e bom som durante a reunião.

Pode isso, incitar a desordem e prejudicar o direito de ir e vir da população? Será que não seria mais prudente e coerente buscar o diálogo?

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade