03
set
2014

Imagens do Dia: Detentos contidos após rebelião em Pedrinhas

foto-2-2-e1409780619961Na manhã desta quarta-feira 03/08, um princípio de rebelião foi registrado nesta no Presídio São Luís 2, no Complexo Penitenciária de Pedrinhas. Agente do Grupo Tático Aéreo (GTA), Grupo Especial de Operações Policiais (Geop) e Batalhão de Choque da Polícia Militar foram deslocados para o local no sentido de conter que seria um principio de motim. Segundo fontes de dentro do Presídio, presos ligados a facção bonde dos 40 causaram a confusão, os detentos teriam ateado fogo em colchões e jogados objetos nos agentes que revidaram com tiros de borrachas. Depois da confusão os detentos foram contidos como mostram as imagens…

2 Comentários

  1. Maranhense disse:

    Edinho Lobão é acusado de tomar terreno de idoso

    O candidato peemedebista ao Governo do Maranhão, Edinho Lobão, está sendo acusado de tomar um terreno de um idoso, identificado como Gaspar Moares.

    Gaspar acusa Edinho de ter furtado uma área que ele adquiriu no dia 9 de novembro de 1994, que fica localizada na Avenida Bandeira Tribuzzi, no bairro conhecido como “Sítio Novo”, em São Luís-MA. Na época, o terreno foi comprado na mão do antigo proprietário, Edilson Ferreira da Silva.

    Candidato Edinho Lobão
    Candidato Edinho Lobão

    Na propriedade do idoso, o peemedebista construiu o Edifício Medical Jaracaty – prédio do qual o candidato omitiu na sua declaração de bens à Justiça Eleitoral. Reveja aqui.
    Documentação da certidão negativa emitida pelo 1° Cartório Registro Geral de Imóveis, comprova que até o dia 10 de setembro de 2007, a terra ainda pertencia a Gaspar Moraes.

    Além disso, o IPTU mostra que a área estava em seu nome, com o código do imóvel n° 22 08 444 0014 000 0 e cadastro imobiliário n° 00000345690, que consta no banco de dados da Prefeitura de São Luís.

    Gaspar Moraes alega que em 2013 foi feito o lançamento do IPTU de O,OO não constando mais o nome dele e sendo feito um outro cadastro imobiliário no nome de uma outra pessoa.

    Espantado com o ocorrido, Gaspar foi atrás e para saber o que havia acontecido, quando descobriu que, derrepentemente, a sua área estava de posse de Edinho Lobão, através da empresa Rádio Difusora do Maranhão S/A.

    Além de Edinho, Moraes também acusa funcionários da Prefeitura de São Luís de terem alterado o cadastro imobiliário sem o seu consentimento, retirando o seu nome de contribuinte do IPTU. Agora, ele pede uma indenização por danos materiais no valor de R$ 120 milhões pelo prejuízo causado.

    O prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem o dever de mandar apurar se houve falsificação de documento público.

    É lamentável que o um candidato a governador faça esse tipo de coisa com uma pessoa idosa. Abaixo alguns documentos:

    Fonte: “http://www.luispablo.com.br/politica/2014/09/bomba-bomba-e-bomba-edinho-lobao-e-acusado-de-tomar-terreno-de-idoso/”

  2. blank Francisco disse:

    Professores de Nova Iorque fazem greve por valorização da carreira

    “Fonte: http://jaksonduarte.com.br/?p=71

    Professores da cidade de Nova Iorque, continuam sem perspectivas para o desfecho da greve geral dos trabalhadores em educação na cidade. A mobilização foi deflagrada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (SINPROESEMMA) no dia 14 de junho, após o prefeito da cidade não oferecer propostas para a valorização dos profissionais e melhoria da educação pública.

    greve

    Uma das pautas da categoria cobra o pagamento do abano salarial, por meio da transferência das sobras do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), recurso repassado mensalmente pelo governo federal para o pagamento de professores. Os docentes reivindicam que os recursos não utilizados no ano passado pelo gestor devem ser transferidos para as contas dos trabalhadores.

    Além disso, a categoria também cobra melhorias na infraestrutura das escolas e das condições de acesso aos colégios. Os trabalhadores denunciam que, para chegar às unidades de ensino, muitas vezes é necessário percorrer vários quilômetros de estrada sem asfaltos, atravessar pontes de madeiras que podem cair e, quando chegam à escola, ainda se deparam com lixo que divide o ambiente escolar.

    pontão

    Segundo a coordenadora, Francisca Gonçalves Araújo, a falta de alternativas para solucionar os problemas da categoria levou os trabalhadores a deliberarem pela paralisação da rede de ensino. “Por conta da falta de diálogo, decidimos entrar em greve como último recurso na tentativa de solucionar os problemas da rede”, explica a coordenadora do núcleo do SINPROESEMMA em Nova Iorque.

    Desvio no INSS:

    Além dos problemas de valorização e da falta de infraestrutura nas escolas, os trabalhadores enfrentam irregularidades no repasse da Previdência Social. Segundo a coordenadora do núcleo, a prefeitura não faz os repasses corretos, o que pode prejudicar na hora da aposentadoria.

    Fonte: SINPROESEMMA

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo