17
abr
2017

Helena Duailibe lança campanhas da Voz e contra a Influenza

A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza será realizada de de 17 de abril a 26 de maio; Já as oficinas da Campanha da Voz acontecerão em escolas da rede municipal de ensino nos dias 18 e 26 de abril.

secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe,

Secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe.

Com o objetivo de reduzir as complicações, internações e mortalidades causadas pelo vírus da influenza, conhecida popularmente como gripe, o Governo Federal e a Prefeitura de São Luís realizarão, de 17 de abril a 26 de maio, a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, diz que a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é vacinar 80% do público-alvo, mas a cobertura deve ser bem maior.

Estudos mostram que a vacina contra influenza pode reduzir em até 45% o número de hospitalizações por pneumonias, e diminuir em 75% a mortalidade por complicações da doença.

O público-alvo inclui pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a 4 anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Para 2017, o Ministério da Saúde também incluiu para a vacinação os professores do ensino regular de escolas públicas e privadas.

Campanha da Voz – A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), vai realizar nos dias 18 e 26 deste mês, a Campanha da Voz. O objetivo é chamar a atenção para importância da saúde vocal e estimular a identificação de doenças vocais.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, diz que a ação será dirigida para a população em geral, que deve estar atenta às alterações que podem ser sinais de doenças. Ela ressalta também que a campanha vai realizar atividades especialmente para pessoas que utilizam a voz como instrumento de trabalho.

“Cantores, professores, locutores e outros profissionais devem priorizar cuidados básicos e adotar algumas rotinas que ajudam a preservar a saúde vocal. Existem recursos que facilitam a comunicação e a conservação da voz e a Prefeitura de São Luís trabalha sempre na prevenção das doenças, proporcionando maior qualidade de vida à população”, afirmou a secretária.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo