07
dez
2013

Guerreiro Junior nem entrou no ônibus e já quer sentar na janela

Se prevalecer a tradição Froz deve ser o novo Presidente do TRE-MA

Se prevalecer a tradição Froz deve ser o novo Presidente do TRE-MA

Um tema que será bastante comentado durante a semana na imprensa local, é a eleição do TRE – Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão que acontecerá nesta primeira quinzena de dezembro. Dos sete nomes que compunham a Corte, apenas dois continuam para o biênio 2013/2015, Desembargador José de Ribamar Froz Sobrinho e o Juiz de Direito José Eulálio Figueiredo de Almeida.

Na próxima quarta-feira 11/12, o Tribunal de Justiça, deverá indicar o Desembargador Guerreiro Junior que está findando o período de Presidente do Tribunal de Justiça, para ocupar a segunda vaga destinada a um membro do TJ no TRE-MA.

No dia 19/12 encerra o biênio de José Bernardo Rodrigues como Presidente da Corte Eleitoral. Segundo diz o regimento interno do TRE-MA, 30 dias antes – no caso, 19/11 – Des. Bernardo deve comunicar o Tribunal de Justiça da vacância do cargo para que seja aberto o processo eleitoral. E assim o ainda presidente deve ter feito.

O TJ então realizará a eleição antes do fim do mandato do atual presidente, ou seja, na próxima semana. Diz, ou dizia a tradição, com a saída de José Bernardo Rodrigues da presidência do TRE, o cargo seria ocupado naturalmente pelo atual vice e corregedor – Froz Sobrinho -, e o desembargador recém-chegado (no caso, Guerreiro) ocupa a vice-presidência e a corregedoria geral.

É justamente essa “regra” que o Desembargador Antonio Guerreiro Junior pretende quebrar. O homem parece ter a certeza  que não irá entrar na disputa pra perder, está convicto de encarar o colega José Ribamar Fróz Sobrinho pelo cargo de Presidente.

Os sete eleitores, ou melhor, a nova corte do TRE (dois desembargadores; dois advogados; dois juízes de direito e um juiz federal), que é quem elege o presidente já foi montada, são eles:

composição do tre

A disputa é pública e notória. Guerreiro já mandou o recado: “Sou candidato…” . Mas, o problema é que ainda nem foi eleito no Tribunal de Justiça.

O TJ negaria a Guerreiro disputar a eleição para o TRE? Será? Acredito que não!

É semelhante aquela famosa frase do ex-jogador Romário: “O cara nem entrou no ônibus ainda e já quer sentar na janela”. Ainda no campo futebolístico, é como se o Brasil já estivesse esperando pela final da Copa do Mundo, sem antes mesmo, ter conseguido avançar da primeira fase da competição.

O primeiro round da disputa pela Presidência do TRE-MA, aconteceu na última quarta-feira 04/12, quando o Pleno do TJ-MA escolheu a Juíza Alice de Sousa Rocha (candidata de Froz), para ocupar a vaga de membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral. A magistrada recebeu 12 votos dos 23 desembargadores presentes à sessão. Em segundo lugar, com 10 votos, ficou a juíza da Presidência do TJ, Maria Francisca de Galiza (candidata de Guerreiro).

Com a primeira derrota, ainda estaria Guerreiro disposto encarar a disputa?

De uma forma ou de outra, a decisão está nos cinco outros votos, resta saber se estes manterão a tradição (Froz Sobrinho) ou optarão pelo “novato” (Guerreiro Júnior).

A disputa é boa…

Então vamos esperar e conferir, pra saber quem vai presidir o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão durante o processo eleitoral de 2014.

3 Comentários

  1. blank Maria das dores disse:

    A presidência do TRE vale ouro. Envolve muitos cargos, poder, dinheiro e prestígio.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo