26
mar
2019

Glalbert detona Adriano Sarney: “Esquece que a família dele ficou 50 anos no poder”

Glalbert acusou Adriano de renegar a família, ao pedir para retirar o Sarney do seu nome político.

O deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT) partiu para cima do colega de parlamento, Adriano Sarney (PV), após críticas do filhote da oligarquia à Prefeitura de São Luís. O pedetista disse que, como membro do seu partido que foi atacado pelo deputado do PV, não poderia deixar o assunto passar em branco.

“Eu acho que o deputado Adriano esqueceu que o grupo que ele faz parte, na verdade a família dele que ficou durante 50 anos no poder aqui no nosso Estado, nada fez por São Luís e quer colocar a culpa no PDT. Inclusive levando a falsa informação que o PDT está há 30 anos no poder da Prefeitura de São Luís”, detonou Glalbert.

O pedetista colocou em xeque ainda a qualificação profissional de Adriano, formado fora do Brasil em faculdade de Economia, mas que “não o ensinou a coisa mais básica, que é somar”. “De 1986 para cá tivemos 05 mandatos. O PDT teve 05 mandatos de prefeito e nesses 05 mandatos de prefeito, somados daria 20 anos e não 30”, ensinou.

Glalbert acusou Adriano de renegar a família, ao pedir para retirar o Sarney do seu nome político. “Nesses 50 anos o pai dele foi deputado federal e ministro, a tia foi governadora e senadora, e o que eles fizeram pela cidade de São Luís? Durante todo esse período nunca se viu nada, nenhuma obra estruturante que ajudasse na drenagem, no escoamento da água, principalmente desse problema que assola São Luís durante todos os anos”, criticou.

“A gente sabe que a parceria entre o governo Sarney e a Prefeitura de São Luís nunca existiu, principalmente quando o prefeito era do PDT”, afirmou Glalbert, lembrando que a administração municipal sempre foi boicotada porque os prefeitos pedetistas não rezavam na cartilha do sarneyzismo.

1 Comentário

  1. THIAGO disse:

    Eu assisti a sessão. E quem quem enquadrou foi Adriano ao falar que Glaubert ao criticar o tal dos 50 anos que incluísse o seu pai, o Edmar Cutrim, que foi nomeado por Roseana para ser conselheiro do TCE. Além de mostrar que é verdade o dominio dos trinta anos do. Vamos lá: 4 (1989 a 1992) Jackson Lago (prefeito pelo PDT); PDT 4 (1993 a 1996) de Conceiçao Andrade (apoiada e depois filiada ao PDT); 5 (1997 a 2002) de Jackson Lago; 7 (2002 a 2008) de Tadeu Palácio; 4 (2009 a 2011) de João Castelo (único não filiado, mas quando Jackson era governador apoiou e o PDT teve várias secretarias e 7 (2012 até os dias atuais) Edivaldo que foi eleito pelo PTC e logo mudou-se para o PDT. Conclusão: o PDT realmente governa há quase 30 anos, ops, maltrata São Luis!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo