04
ago
2020

“Fruto de diálogo e muito trabalho”, diz Simplício Araújo sobre Maranhão liderar pesquisa de combate à Covid-19

Somente em junho, foram gerados 3.907 empregos formais no Maranhão.

Primeiro lugar no índice de melhor desempenho no combate à Covid-19. Assim está classificado o Maranhão em pesquisa nacional realizada pelo Centro de Liderança Pública (CLP), que analisou, até o último dia 28 de julho, as 27 unidades federativas do Brasil neste momento de crise sanitária.

O Maranhão alcançou a nota 25,31 no ranking Covid-19. Para o secretário da Seinc, Simplício Araújo, estes novos dados positivos comprovam as ações alinhadas pelo Governo do Estado, intermediadas pela Seinc, que resultaram na reabertura do comércio, assim como na compra de respiradores e nas doações de hospital de campanha.

“Buscar mudanças efetivas é estar sempre em contato com os segmentos empresariais e entendendo as necessidades do povo para o que é mais necessário neste momento. Assim como as recentes criações de vagas de emprego e o aumento no número de empresas ativas, este desempenho é, também, fruto de diálogo e muito trabalho”, comentou o secretário.

Entre os critérios de avaliação da pesquisa, estão: proporção de casos confirmados; evolução logarítmica de casos; porcentual de mortalidade da Covid-19 e de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG); as notas de transparência elaboradas pela Open Knowledge Brasil; e dados de isolamento social do Google.

Mais dados positivos

De acordo com os dados recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) sobre o mês de junho, o Maranhão lidera entre os estados do Nordeste que mais criaram vagas de emprego com carteira assinada. Os dados apontam que o Maranhão teve o quarto melhor desempenho em todo o Brasil.

Somente em junho, foram gerados 3.907 empregos formais no Maranhão. No mesmo período, o país apresentou saldo negativo, com 10.984 empregos perdidos.

Já segundo informações da primeira edição do Boletim Empresarial, lançado pela Junta Comercial do Maranhão (Jucema), autarquia vinculada à Seinc, o Maranhão alcançou a marca de 270.056 empresas ativas – um crescimento de 115% em relação a 2014 – apontando ainda que, mesmo em período de pandemia, 7.224 novos negócios foram abertos em todo o Maranhão, entre abril e junho de 2020.

1 Comentário

  1. Marcinho disse:

    “LIDERAR PESQUISA” Puta que pariu, esses caras pensam que o Maranhão só tem idiotas?

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo