08
out

Festa para traficante acaba em prisões do “Bonde dos 40”

Parte do grupo preso na festa.

O delegado Augusto Barros, titular da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic) disse que os trabalhos sobre a operação, que culminou com a prisão de 39 pessoas durante uma festa em residência no bairro do Araçagi, será concluída no período da tarde. Durante a operação, coordenada pelo 9º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Maranhão, em parceria com o Comando Metropolitano da Capital, Serviço de Inteligência da PM e o Grupo Tático Aéreo (GTA), prendeu 20 homens e 19 mulheres. Todos participavam de uma festa em que era comemorado o aniversário de um bandido identificado como Carlinhos e da traficante Liliane Gomes da Silva, a “Lilica”, de 26 anos, que tem dois mandados de prisão em aberto expedidos pela Justiça do Maranhão.

Casa onde grupo foi preso.

A ação policial aconteceu por volta de 2h desta terça-feira (8) numa casa de praia na Rua Principal do Araçagi, de frente para o mar, mas segundo o major Marques Neto a festa havia começado na noite de segunda-feira (7). Ainda, de acordo com Marques Neto, o grupo faz parte da facção criminosa conhecida como “Bonde dos 40” responsável por uma série de crimes na região metropolitana de São Luís.

Entre os presos está um homem com alcunha de Bob. Segundo a polícia, ele é um dos bandidos mais perigosos da região da Vila Isabel Cafeteira, suspeito de envolvimento em 10 assassinatos na Região Metropolitana de São Luís. Também foram apreendidos duas pistolas .040 e 380, dois revólveres calibre 38, 27 celulares, 13 relógios, dois notebooks, 18 cordões de ouro, 13 pulseiras de ouro, quatro cordões de prata, 21 anéis de ouro, nove pares de brinco, além de 1 mil e 290 reais, 1/2 Kg de maconha, além de cinco veículos, inclusive o Pegeout, De acordo com a polícia, o veículo seria o mesmo utilizado em arrastão na Praia do Meio, no último fim de semana, e um táxi, de placas NNH – 4070, conduzido por Ramiro Barbosa e trabalha no Posto São José, no Bairro da Forquilha. Um dos bandidos, que participava da festa, identificado como Danilo Augusto Soares morreu durante troca de tiros com a polícia. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Fabinho Matador e “Paiacan” conseguiram fugir do cerco policial.

Mulheres detidas durante a festa.

O tenente coronel José Frederico Gomes Pereira, comandante do 9º Batalhão da PM, e responsável pela operação, disse que a Polícia cumpriu a missão de prender esses criminosos de alta periculosidade.

– Montamos uma operação após informação do Serviço de Inteligência da Polícia Militar e foi coroada de êxito com a prisão desses bandidos. Todos foram conduzidos para a Seic que fará uma triagem detalhada deles. Têm homicidas, traficantes, com mandados de prisão, e que serão enquadrados em mais um crime, entre eles, corrupção de menores. Enfim, a Polícia Militar deu uma resposta positiva à sociedade – declarou.

Casa onde grupo foi preso.

Celulares, notebooks, dinheiro e armas apreendidos em operação.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade