04
jul
2019

Ex-vereador de S. João Batista é funcionário fantasma em gabinete de deputado federal

Mecinho já recebeu mais de R$ 55 mil em pouco mais de dois anos (27 meses) ocupando cargo no qual não comparece ao trabalho.

Aluísio Mendes e seu funcionário fantasma, Mecinho, candidato a prefeito derrotado em 2016 no município de São João Batista…

EDITADO PARA INCLUSÃO DIREITO DE RESPOSTA – O ex-vereador Emerson Lívio Soares Pinto, conhecido também como Mecinho, derrotado nas eleições de 2016 como candidato a prefeito do município de São João Batista, é funcionário fantasma na Câmara dos Deputados em Brasília.

Mecinho foi lotado em abril de 2017 no gabinete do deputado Aluísio Mendes (Podemos) onde recebe remuneração mensal  de R$ 2.064,92 (dois mil sessenta quatro reais e noventa e dois centavos).

Esse valor é soma do cargo em comissão de Secretário Parlamentar mais auxílio, relativo ao ponto número 255689, cargo em comissão função SP02.

Acontece que Emerson Lívio nunca pisou no local de trabalho, mesmo assim recebe contracheque todo mês. É, portanto, um funcionário fantasma – pessoa que aparece contratada oficialmente na lista de funcionários de um órgão público, consta regularmente na folha de pagamento, mas que não comparece ao trabalho.

Isto é, recebe sem trabalhar, se enriquece ilicitamente à custa do erário público e do suor do contribuinte. Neste caso específico, do ex-vereador de São João Batista, com remunerações muito superiores à da maioria da população brasileira, que não conta com o denominado padrinho de um deputado federal.

De quando Aluísio Mendes colocou Mecinho na folha de seu gabinete para receber sem trabalhar até os dias atuais, o ex-vereador já recebeu nada menos que R$ 55.752,84 sem nunca ter pisado na Câmara Federal para bater o ponto.

– ABAIXO A COMPROVAÇÃO DO RECEBIMENTO INDEVIDO:

– Outro lado

Em resposta a publicação, a assessoria do parlamentar emitiu uma nota que segue na íntegra abaixo:

Sobre a reportagem intitulada: “Em Cajapió, pré-candidato é funcionário fantasma em Brasília”, divulgada pelo portal “Maranhão de Verdade” e sobre a postagem ” Ex-vereador de S. João Batista é funcionário fantasma em gabinete de deputado federal” no Blog do Domingos Costa, o deputado federal Aluisio Mendes (PODE) vem a público informar que as lotações do srs. João Bispo Serejo e Emerson Lívio Soares Pinto no meu gabinete obedecem única e estritamente aos preceitos legais.

Conforme estabelecido pela Mesa Diretora da Câmara dos Deputados no Ato nº 58, de 3 de fevereiro de 2010 e que alterou o Ato da Mesa nº 72, de 1997, em seu artigo 4º (que modificou o artigo segundo do Ato nº 72), os ocupantes “dos cargos em comissão de secretariado parlamentar terão exercício em Brasília, nos gabinetes parlamentares, ou no Estado de representação do parlamentar, e reger-se-ão pelas normas aplicáveis aos demais servidores da Câmara dos Deputados”.

Logo, os srs. João Bispo Serejo e Emerson Soares Pinto, citados nas reportagens não representam ou estariam configurando omissão ou falta de prestação de força de trabalho e oferece serviço de interesse público em meu querido estado do Maranhão.

Reforço que ambos são responsáveis diretos por nossa articulação política na região da Baixada e, logo, estão legalmente capacitados para a função.

Por fim, em nenhum momento a minha assessoria foi procurada previamente para prestar os esclarecimentos e, logo, as reportagens não oportunizaram o direito preconizado pelo bom jornalismo de abertura para que todos os lados, inclusive os acusados, fossem ouvidos antes da publicação.

2 Comentários

  1. O nome que faz o fuxico disse:

    Todo mundo em SJB, conhece a prudência de Mecinho, sempre viveu do dinheiro publico. Agora foi desmacarado… MP neles

  2. Maria Gloria disse:

    Procura trabalhar Mecinho.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade