21
jul
2020

Ex-vereador de Raposa troca de nome para tentar enganar o povo de Santa Inês

Na eleição municipal passada, Frank Neto que agora é Gugu, obteve 120 votos como candidato a reeleição no município raposense.

O ex-vereador de Raposa, Frank Neto, que na eleição municipal passada ficou na 23º suplência no parlamento local, decidiu mudar de nome e, de cidade, para se candidatar a vereador em Santa Inês.

Agora, o Frank Neto de Raposa virou o “Gugu” de Santa Inês. E diz que irá aumentar a votação que obteve nas eleições de 2016, quando saiu das urnas raposenses com míseros 120 votos.

Para se eleger, o ex-Frank Neto, que agora é Gugu, precisa de cerca de 800 votos. O que não é fácil conquistar entre eleitorado santa-inesense, se levar em consideração o histórico do ex-vereador de Raposa.

– Candidatura barrada 

O juiz da 93ª Zona Eleitoral, Flávio Roberto Ribeiro Soares, indeferiu na eleição municipal passada o registro de candidatura do então vereador do município de Raposa que tentava a reeleição. O magistrado julgou procedente o pedido de impugnação solicitado pelo Ministério Público. Contra o parlamentar pesou acusações de problemas de prestações de contas de eleições anteriores.

– Braço do agiota Glaucio Alencar

Frank Neto, que agora é Gugu, aparece entre os investigados pela Comissão de Investigação da Agiotagem no Maranhão. O ex-vereador é apontado pela Polícia Civil como um dos braços da organização criminosa liderada pelo agiota Glaucio Alencar e seu pai José de Alencar Miranda, acusados de planejar o assassinato do jornalista Décio Sá, em abril de 2012.

De acordo com os desdobramentos das investigações que apuraram a morte Décio, escutas telefônicas feitas com autorização da Justiça comprovam que o grupo de agiotas que mantinha ligações com pelo menos 41 prefeituras maranhenses, também possuía laços ‘com o poder”,  e evolvem diretamente o nome do vereador Frank Neto, hoje chamado de Gugu.

Na época, em uma das ligações aparecem Frank Neto e uma pessoa identificada apenas como Rodrigo. O então vereador de Raposa aparece na gravação seria uma pessoa de confiança dos agiotas para intermediar negócios com prefeitura de Paço do Lumiar na gestão da Prefeita Bia Venâncio, conforme aponta esse relatório de investigação.

– Advogado do pistoleiro Jhonatan

Em um processo de 2009, o avô de Flanklin Neto, o advogado maranhense José Flanklin Skeff Seba (ex-vereador de Santa Inês) aparece como defensor em Xinguara, no Pará, do pistoleiro Jhonatan de Sousa Silva, em um caso de homicídio. Johnatan, mais tarde, confessou ter sido contratado pelos agiotas para matar duas pessoas: Décio Sá e o empresário Fábio Brasil, este último em Teresina.

– Comprou máquinas de ex-deputado com cheques sem fundo

Em 2014, Frank Neto, que agora é Gugu, comprou com cheques sem fundos, três veículos tipo caminhão – máquinas pesadas – do ex-deputado federal Remi Trinta. Os três veículos foram vendidos ao custo total de R$ 280.000,00 (duzentos e oitenta mil reais). O caso, na época, foi parar no Blog do Domingos Costa, LEMBRE AQUI.

Entre outras funções na rede de agiotagem, Flanklin Neto seria uma pessoa de confiança de Gláucio para intermediar negócios com prefeitura, principalmente, de Paço do Lumiar na gestão da Prefeita Bia Venâncio.

Entre outras funções na rede de agiotagem, Frank Neto seria uma pessoa de confiança de Gláucio…

2 Comentários

  1. blank EINSTEN LIMA disse:

    o Irnao salvou a família casando com a filha de Marreca .. O Frank Neto é apenas uma alma cebosa que vaga e um dia acha o dele . E uma puta velha e feia quem dar mais leva … Ser desprezível

  2. blank Daniel Lima disse:

    Ele é bipolar !!!! Gugu gosta de da o c….

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo