30
out
2013

Ex-atacante do Sampaio Corrêa do Rio é decapitado após ser sequestrado

João Rodrigo, que tinha 36 anos, foi profissional até o meio deste ano

João Rodrigo, que tinha 36 anos, foi profissional até o meio deste ano

O ex-atacante João Rodrigo, que passou por Bangu, Madureira e Remo, e que também jogou na Suécia e Honduras foi assassinado no Rio de Janeiro, tendo sido decapitado, com sua cabeça sendo colocada em uma mochila na porta de casa, no bairro de Realengo, na zona oeste da cidade.

A vítima era casada com uma policial militar, lotada na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do São Carlos, na zona norte da capital fluminense. Foram familiares que, no início da manhã desta terça-feira, encontraram a mochila.

O ex-jogador, que estava trabalhando como comerciante, havia sido sequestrado na noite de segunda-feira. A polícia investiga a possibilidade de uma execução planejada, e o possível envolvimento de traficantes no crime.

João Rodrigo, que tinha 36 anos, foi profissional até o meio deste ano, quando abandonou a carreira no Sampaio Corrêa, clube da segunda divisão do Rio de Janeiro.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo