26
abr
2017

Empresário preso por fraude em licitações faturou R$ 3,7 milhões na gestão Maura Jorge

Prefeitura de Lago da Pedra manteve por seguidos anos contratos de limpeza pública com a empresa de fachada F.Z. Construções e Serviços Eireli, acusada de desviar milhões em três Estados.

Afoita para disputar o governo do MA em 2018, Maura precisa primeiro explicar o seu envolvimento com um membro de uma quadrilha especializada em desviar recursos públicos.

Apenas dois extratos de contratos da prefeitura de Lago da Pedra que o blog teve acesso por meio do Diário Oficial, revelam que a ex-prefeita Maura Jorge (PTN) possui laços fortes com o empresário Francisco Zerbini Dourado, preso na ultima segunda-feira (24), durante a “Operação Escamoteamento”, desencadeada nos Estados do Piauí e Ceará.

Zerbini estava foragido desde o dia 07 de abril quando a operação foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado(GAECO). O empresário que faturou milhões da prefeitura de Maura Jorge é acusado de integrar uma quadrilha especializada em fraudar licitações de prefeituras em prejuízo estimado de R$ 18 milhões.

Nos dois primeiros documentos obtidos pelo blog, somam nada menos que R$ 3.794,085,12 contratados pela gestão Maura Jorge com a empresa F.Z. Construções e Serviços Eireli – ME.

Contratos

No ano de 2014, foi publicado no Diário Oficial um termo de aditamento do contrato nº 01/TP/02/2014, totalizando o valor de R$ 2.160.465,60, e acreditem, para prorrogar por apenas dois meses a vigência.

Em 2014, Maura fez um termo de aditamento milionário com o fraudador…

Já em 2016, último ano de Maura à frente do município, a gestora selou um contrato com o empresário – hoje preso – no valor de R$ 1.633.619,52 pela vigência de apenas nove meses. A finalidade era execução de serviços de limpeza pública urbana.

Empresa de fachada

Francisco Zerbini Dourado é dono da empresa que leva as iniciais de seu nome: a F.Z. Construções e Serviços Eireli, com registro na Rua João Rodolfo Pessoa, 01 Ginasio Coberto – Tianguá/CE, funcionava apenas de fachada.

A “Operação Escamoteamento” que Zerbini prendeu por fraudes em licitações, contou com a parceria da Polícia Rodoviária Federal, TCU, CGU e TCE. Segundo o Gaeco, os acusados montavam um cartel que venciam as licitações em diversas cidades do Piauí, Ceará e Maranhão.

Outras cidades

No Maranhão, Francisco Zerbini ganhou contratos milionários em diversas prefeituras, entre elas estão Itapecuru-Mirim, Codó, Presidente Dutra, Timbiras, Grajaú e Buriticupu.

Pré-candidata enrolada

Como se pode comprovar, a gestão da ex-prefeita Maura Jorge não foi bem essas mil maravilhas como ela gargareja por onde passa. Afoita para disputar o governo do Maranhão em 2018, Maura precisa primeiro resolver os problemas de casa: explicar o seu envolvimento com um membro de uma quadrilha especializada em fraudar licitações e desviar recursos públicos.

Contrato em 2014, entre Maura Jorge e Francisco Zerbini...

Contrato em 2014, entre Maura Jorge e Francisco Zerbini…

As investigações do blog continuam em busca de mais documentos comprobatórios que ligam a ex-gestora ‘metida a moralista’ ao empresário preso pelo Gaeco.

A finalidade é saber com exatidão quantos foram os contratos mantidos com a empresa de fachada – F.Z. Construções e Serviços Eireli, e naturalmente, qual o montado de dinheiro público que saiu dos cofres lagopedrenses para alimentar a quadrilha – hoje presa –  durante a gestão da ex-prefeita Maura Jorge.

Voltaremos com o assunto…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo