19
maio
2016

Empresário das notas frias, Dedé da Contrex faturou milhões prefeituras mranhenses

Valores estimados inicialmente, revelam que o empresário das notas frias já embolsou mais de R$ 10 milhões em recursos públicos provenientes das prefeituras de Raposa e Bom Jardim. Mas as cifras podem triplicar com a iminente investigação dos órgãos de controle e fiscalização.

20141214_135324

Prédio de propriedade de Dedé na Avenida 01 do Bequimão em São Luis. No subsolo deveria funcionar a Contrex, só que não!

Coincidência ou não, os três prefeitos investigados pelo blog como participantes do esquema de venda de notas frias com a empresa de fachada Contrex, são filiados do PMDB: Clodomir de Oliveira dos Santos, de Raposa e Malrinete Gralhada de Bom Jardim.

A Contrex Construções e Serviços Ltda, deveria funcionar na Avenida 01 Nº 6A, sala 03 no subsolo de um edifício no bairro do Bequimão em São Luis, entretanto, no cadastro junto a Receita Federal, só existe uma sala vazia – como revelou a reportagem da TV Record (LEMBRE).

No local, não há mesas, computadores, nem funcionários. O espaço funciona apenas como endereço de fachada sob a propriedade do senhor Lucas Fernandes Neto, o Dedé, que assina todos os contratos.

Dedé, conhecido como “empresário das notas frias” – por utilizar desse tipo de fraude para abocanhar contratos com diversas prefeituras maranhenses – atua sempre da mesma forma: Em comum acordo com o gestor público, justifica serviços não realizados por meio de notas fictícias, que são aquelas nas quais os serviços declarados não são prestados ou os produtos discriminados não são entregues.

– Em Raposa

contrex locação de veiculos 2014

Contrex atua desde janeiro de 2013 em Raposa.

Na prefeitura de Raposa, Dedé subtraiu da gestão do prefeito Clodomir de Oliveira(PMDB) mais de R$ 3 milhões, vendendo notas como se tivesse alugado veículos e máquinas à prefeitura(LEMBRE AQUI).

Conforme publicações do Diário Oficial, a finalidade é a mesma: aluguel de máquinas pesadas e equipamentos.

Para se ter uma ideia do tamanho da sana do empresário de notas frias, até as ambulâncias pertencente ao patrimônio do município foram colocadas na prestação de contas enviada ao  Tribunal de Contas do Estado (TCE/MA), referente ao exercício financeiro de 2013, como se fossem alugadas pela empresa de fachada (REVEJA).

Usaram placas de ambulâncias que já viraram sucatas, e estão portanto sem uso, como se estivessem em pleno funcionamento e servindo à população. Ato de criminoso!

Bom Jardim

Logo quando assumiu a prefeitura, no inicio de setembro de 2015, a prefeita Malrinete (PMDB) selou o primeiro contrato com dispensa de licitação, no valor de R$ 249. 202,00 (duzentos e quarenta e nove mil, duzentos e dois reais), com a empresa Contrex, aproveitando-se de um decreto de situação de emergência. O Extrato está publicado no diário oficial do dia 13 de novembro de 2015.

contrex

Valor do contrato não deixa qualquer dúvida que trata-se de venda de notas frias…

O segundo contrato foi assinado em janeiro deste ano, e publicado no dia 28, conforme o Diário Oficial. O valor é exorbitante, R$ 2.954.640,60 (dois milhões, novecentos e cinquenta e quatro mil, seiscentos e quarenta reais e sessenta centavos), fantasiado com o objetivo de execução de serviços de locação de máquinas e equipamentos pesados pelo período de 12 meses. Isto é, nada menos que R$ 246 mil/mês.

No total foi R$ 3.203.842,60 (três milhões duzentos e três mil oitocentos e quarenta e dois reais e sessenta centavos), em recursos destinados pela prefeitura de Bom Jardim à empresa  Contrex Construções e Serviços Ltda, apenas com a finalidade de locação de máquinas e equipamentos, referente à gestão da prefeita Gralhada, com apenas sete meses no comando dos cofres municipais.

LEIA TAMBÉM:

– Escândalo! Prefeitura de Raposa paga aluguéis de ambulâncias que pertencem ao Município

– Aluguel de máquinas e veículos camuflam venda de notas frias e fraude milionária em Raposa

– Só de fachada, empresa Contrex vende mais de R$ 3 milhões em notas frias em Bom Jardim

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade