07
jan
2019

Empresa criada meses antes faturou quase meio milhão em Santana do Maranhão

Prefeitura comprou uma fortuna em material esportivo de uma empresa recém-criada que a especialidade é atacadista de medicamentos; Produtos comprados nunca chegaram à população.

Local de registro da ALLMED divide muro com outra empresa, a Linear Comercial, na qual a especialidade é móveis ambientes planejados…

08 de novembro de 2017, essa é a data da criação da empresa ALLMED – EMPREENDIMENTOS EIRELI – ME [CNPJ nº 29.024.721/0001-13], a atividade econômica principal da firma registrada na Receita Federal é “comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano”, para além dessa, ela possui nada menos que outras 70 atividades secundárias.

Embora recém-criada, apenas cinco meses e onze dias após surgir no mercado, a ALLMED ganhou seu primeiro contrato público, selado com a prefeitura de Santana do Maranhão, sob a gestão do prefeito Fransquin Pereira Tavares. O contrato com a Secretaria Municipal de Administração foi assinado no dia 19 de abril de 2018 e publicado no Diário Oficial do último dia 22 de junho de 2018.

De acordo com o documento, a prefeitura contratou a empresa especializada para aquisição de material esportivo no valor de R$ 459.255,90 (quatrocentos e cinquenta e nove mil, duzentos e cinquenta e cinco reais e noventa centavos). A vigência do contrato seria até o último dia 31 de dezembro.

Em nome de Carlos Roberto Baluz Almeida, a ALLMED está registada no endereço: Alameda Primavera, nº 210, Olho D’agua, São Luís. O blog do Domingos Costa foi até o local – uma rua sem saída – e não encontrou qualquer sinal de uma empresa com mais de 70 atividades econômicas ou qualquer indício de venda de material esportivo.

A suspeita é de claro direcionamento no processo licitatório e prática de venda de notas fiscais fictícias ou “frias”, que são aquelas nas quais os serviços declarados não são prestados ou os produtos discriminados não são entregues.

Extrato do contrato publicado do Diário Oficial…

Para reforçar os indícios de irregularidades com dinheiro público, o blog ainda ouviu vereadores que integram a oposição ao prefeito Fransquin. Um deles, o vereador Branco do Riachão revelou que esses materiais esportivos nunca chegaram na cidade e que a prefeitura também não realizou qualquer atividade de distribuição desses produtos.

“Aqui em Santana nunca chegou material esportivo da prefeitura, até hoje sequer uma bola de futebol foi usada ou entregue por parte dessa gestão”, disse o parlamentar.

– Outro lado 

Procurada, ninguém da prefeitura se habilitou para falar a respeito da denúncia. Já o número da empresa citada apenas chama, mas ninguém atende.

2 Comentários

  1. blank Joãozinho disse:

    Domingos, é tu só tu ligar para Pregoeira(Branca) ela é amiga de Roberto Baluz! Simples assim! Aliás tem um monte de empresas ligada à ela! Procura que tu acha!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo