31
ago
2017

Criada às pressas, empresa contratada pela OAB-MA pertence a prima de Thiago Diaz

Inspirar Comunicação recebe R$ 35 por mês da seccional maranhense, foi criada no dia 06 de janeiro de 2016, e tem como sócia Yndara Vasques Lima. 

Os primos: Thiago Diaz e Yndara Vasques…

Ainda em relação ao setor de comunicação da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão….

Na data de 29 de agosto este blog noticiou a crise instalada entre o vice-presidente e o presidente da OAB/MA, apresentando, na oportunidade, documentos repassados com EXCLUSIVIDADE a este blog, o que culminou para a destituição do vice-presidente, Pedro de Alencar, da presidência da Comissão de Prerrogativas da Ordem. (REVEJA)

Ocorre que o caso é mais sério do que se imaginava, pois, de acordo com fontes seguras, a empresa que comanda o setor de comunicação do órgão pertence à PRIMA do presidente Thiago Diaz, a Yndara Vasques Lima, que também é irmã do Diretor-Tesoureiro da Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão (CAAMA), Rodrigo Lima.

Agora está explicado o motivo de tantos favorecimentos direcionados ao presidente Thiago Diaz. E mais: a indignação do vice-presidente, Pedro de Alencar, tem razão em prosperar, tanto que no requerimento direcionado à diretoria menciona que a Ordem deve ser MORALIZADA.

De acordo com o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e o portal Consulta Sócio, a empresa Inspirar Comunicação e Marketing Ltda – ME (responsável pela comunicação da OAB/MA) foi criada no dia 06/01/2016, mês e ano em que o presidente Thiago Diaz assumiu a diretoria.

Na Receita Federa, consta que a prima de Thiago criou a empresa um dia após a posse de Diaz na OAB-MA…

A denúncia do vice-presidente relatava que: “Em virtude da repercussão negativa, a empresa de comunicação, que mantém contrato com a OAB/MA, foi criada dia 06 de janeiro de 2016, ou seja, coincidentemente no mesmo período da posse da nova diretoria (2016-2018)”. (REVEJA)

Além do mais, imagens repassadas a este blog comprovam que a Inspirar Comunicação, pertencente à prima de Thiago Diaz, é, de fato, a responsável por toda comunicação da OAB/MA, recebendo, MENSALMENTE, de acordo com um conselheiro estadual, a quantia de R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais).

Está claro o nepostismo instalado na administração da OAB/MA, entidade que deveria zelar pelo cumprimento das leis. Eis a razão do pedido de moralização requerido pelo vice-presidente.

Cabe agora ao presidente Thiago Diaz rescindir o contrato e tentar moralizar a Ordem, ou então cabe aos advogados solicitarem a rescisão contratual da empresa, levando em consideração que os advogados é quem mantém a Ordem com suas anuidades, e não o presidente.

– LEIA TAMBÉM:

– Crise entre Thiago Diaz e o vice-presidente da OAB-MA, Pedro de Alencar

– Advogados criam movimento para fiscalizar gestão Diaz na OAB-MA

– Abre o olho, Thiago Diaz! Tua gestão na OAB está a beira de desmoronar de vez

– Aldenor Rebouças volta criticar gestão Diaz na OAB-MA

1 Comentário

  1. blank Cristiana disse:

    Bom dia,antes de vcs publicarem informações é necessário que se faça apurações dos fatos. No que se refere ao Dr.RODRIGO REIS LIMA, vcs foram irresponsáveis e mentirosos. O Dr. Rodrigo não possui nenhuma irmã chamadas YANDRA VASQUESVasquez LIMA E

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo