19
jun
2019

“É um covarde”, Jefferson Portela para Aluísio Mendes

Portela não se sente intimidado com ataques da oposição…

O secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, criticou duramente o deputado federal Aluísio Mendes, durante entrevista ao programa Ponto Continuando, da rádio Mais FM, nesta terça-feira (19). Segundo o titular da SSP-MA, o parlamentar atua para ajudar dois delegados: Thiago Bardal (preso), Ney Anderson Gaspar (afastado de um cargo na Seic).

Jefferson afirmou que Mendes nunca explicou o fato de ter sido pego informando Fernando Sarney da operação Boi Barrica. A polícia federal chegou a pedir a prisão de Aluísio. Na época, o caso foi destaque nacional, conforme publicação do O Globo.

“Ele [Aluísio] deveria se explicar. Porque ele caiu em uma interceptação e a Polícia Federal pediu a prisão dele quando ele ligou para um investigado no Maranhão comunicando a operação e a pessoa estava interceptada. Por isso, á época, a PF pediu a prisão dele. Ele também deve explicar sobre a péssima gestão dele com o estabelecimento das facções na capital. De 2009 a 2014 o índice de homicídios no Maranhão aumentou 308%. Já diminuímos em 63%”.

O secretário também disse que Aluísio, que foi secretário de segurança, se fala em interceptação ilegal, deve saber como fazer. “Ele aparece abraçando criminosos e dando total crédito a esta história de interceptações. Será que ele é um analfabeto na condição de policial? Ele sabe que a interceptação só é implantada com a ordem de um juiz. A operadora não implanta com ofício de oficial. Se ele fala de interceptação ilegal ele deve saber algo sobre isso. Na nossa gestão, somente dentro da lei”.

Portela disse que Aluísio fugiu de debate com ele marcado na TV Mirante, de propriedade do próprio grupo político do deputado federal. Mas afirmou que agora, terá que encará-lo. “O engraçado é que este Aluísio, um covarde que não tem coragem de ficar na minha frente, porque marcou um debate, amarelou, e não foi. Ele devia ter vergonha de como ex-secretário de segurança dizer que um bandido com prisões estaduais e federais decretadas está sendo perseguido. O papel dele seria elogiar a polícia do Maranhão.

Jefferson finalizou: “[…] Eu espero que ele [Aluísio] tenha coragem de homem de escutar tudo que eu tenho para dizer olho no olho pra ele. Ele já fugiu covardemente aqui na Mirante. Ligou em uma sexta-feira, marcou o debate para segunda e combinou de chegar uma hora antes. Duas horas antes ele fugiu e desapareceu”.

E MAIS…

Os delegados Thiago Bardal, Ney Anderson Gaspar e o secretário Jefferson Portela serão ouvidos na Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados para falar de denúncias de espionagem de políticos, magistrados e autoridades.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo