26
nov
2015

E tome acusações, Murad…

ricardomurad

O ex-secretário de Saúde do governo Roseana Sarney, tem a impossível tarefa de se defender das consistentes acusações feitas pela Polícia Federal no caso do desvio das verbas federais da Saúde na ordem de 1,2 bilhão de reais. E não são poucas as “broncas” contra Ricardo Murad.

A cada trecho divulgado do relatório da Polícia Federal, que acabou vazando na imprensa, Murad se complica ainda mais. Hoje por exemplo, vieram a público mais escutas telefônicas interceptadas pela PF com autorização da Justiça, durante a investigação que desencadeou a Operação Sermão aos Peixes.

– Cobrança de 30% em propina 

A Polícia Federal flagrou um dos donos do Instituto de Cidadania e Natureza (ICN), José Inácio Guará, falecido este mês no estado de São Paulo, afirmando a uma pessoa identificada no Joy, que Ricardo Murad cobrava 30% de propina sobre contratos das empresas terceirizadas na Saúde. Acontece que com a morte de José Inácio, a Federal ficará sem esse importante depoimento para confirmar a revelação dita.

Ricardo-Murad-5.2

– Influência até no judiciário

As interceptação feita por maio de escutas telefônicas revelaram ainda que Murad “descumpre decisões judicias, omite e oculta informações relacionadas as irregularidades cometidas durante as suas gestões administrativas e, possivelmente, persegue as pessoas que tem como inimigo”. Ele também usou da influência em várias instancias administrativas dos poderes executivo, legislativo e, principalmente, no judiciário para obter benefícios pessoais por meio do uso da máquina administrativa.

0001111

– Família Sarney preocupada com delação de João Abreu

Há trechos que revelam um dialogo entre membros da família Sarney e o ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Jorge Murad. No dialogo, Roseana, Fernando e José Sarney demonstram preocupação com a prisão ocorrida em setembro do ano passado do ex-secretário da Casa Civil do Maranhão, João Guilherme Abreu. O auxiliar do governo Roseana Sarney foi preso pela Polícia Civil. Eles alegam que “impetrariam habeas corpus no plantão do Tribunal de Justiça”, diz trecho do relatório.

0001111

– Superfaturamento até do leite e biscoito

SAO LUIS/MA 17-11-2015 NACIONAL MURAD O ex-secretário estadual de Saúde Ricardo Murad chegou à Superintendência Regional da Polícia Federal em São Luís conduzido por vários agentes que não deixaram a imprensa se aproximar. Ricardo Murad chegou em seu próprio veículo Toyota SW4, que foi apreendido junto com 20 obras de arte encontradas em sua residência no Olho d’Água, em São Luís. Ele foi conduzido coercitivamente e será liberado após depoimento. As investigações estão sendo conduzidas pelo delegado federal Sandro Jansen. FOTO Honório Moreira / O Imparcial/PAGOS

Documentos levantados pela secretaria de Transparência e Controle mostram que a Secretaria de Saúde, sob o comando de Murad durante a gestão da ex-governadora Roseana Sarney, pagou exatos R$ 10,95 por um copo de leite com biscoitos à empresa Litucera Engenharia e Limpeza.

No Hospital Carlos Macieira, em São Luís, o valor pago pelas refeições era firmado por preço fechado, independentemente do volume. Cada uma custava R$ 10, independente do conteúdo, que, em muitas das vezes, era apenas uma fruta, um chá com biscoitos ou um copo de suco. A alimentação no hospital era fornecida também pela Litucera.

– Expulsão trabalhadores rurais em Coroatá

Ricardo-Murad-ao-lado-da-esposa-Teresa-Murad

Depois de ter destruído vários prédios e áreas públicas na zona urbana de Coroatá, propagando a reconstrução da cidade, Ricardo Murad ataca diretamente e sem piedade a população que vive na zona rural. Ricardo mandou pessoalmente, agentes do município realizarem a expulsão de centenas de famílias de trabalhadores rurais do povoado Santana. Sufocado em dívidas, o governo Teresa Murad tenta vender o povoado no intuito de fazer caixa para a campanha eleitoral de 2016.

No local vivem, há mais de 50 anos, trabalhadores rurais e centenas de pessoas que sobrevivem do cultivo da agricultura de subsistência, mas que nunca tiveram a titulação de fato da área. Mulheres, crianças e idosos, moradores de casas de taipa cobertas com palha de babaçu tiveram seus lares queimados e derrubados por capangas armados enviados pela administração municipal.

– Emendas para fazer “caixa” na eleição 2016

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v80), quality = 90

Cópia da página 371 do relatório onde a PF interceptou ligações entre Ricardo Murad com o suplente de senador Edson Lobão Filho e o deputado federal Sarney Filho. As escutas telefônicas autorizadas pela Justiça flagraram – interceptado no mês de abril deste ano – o ex-secretário pedindo aos interlocutores que sejam obtidas emendas federais para a infraestrutura de Coroatá.

A PF diz que o objetivo de Murad era angariar recursos para campanha eleitoral de 2016. “Nas conversas com Edson Lobão Filho e com Sarney Filho. Nas duas conversas Ricardo pede aos interlocutores que sejam obtidas emendas federais para a infraestrutura de Coroatá. Tudo indica que o objetivo de Ricardo angariar recursos para campanha no ano 2016. Provavelmente Ricardo pretende sair candidato”, diz trecho da transcrição das escutas.

– Secretário de Planejamento de Coroatá

DSC_0655

Além de tentar obter emendas federais para fazer caixa para campanha de 2016, gravações da PF também mostram uma conversa entre Ricardo Murad com o secretário Municipal de Planejamento de Coroatá, Manuel da Cruz Ponte. Em ligação de 15 de abril deste ano, às 16h29, Murad orienta como deve ser discriminado o uso de uma determinada verba.

De acordo com as escutas, Ricardo costumava orientar o pessoal da Prefeitura de Coroatá a dizer que o dinheiro que um de seus assessores costumava pegar das mãos do secretários coroataense seria para pagar ‘atrações’. Cauteloso, Murad não cita valores. “Deixa eu falar com Manuel aí… esse negocio aí, é dizer que nós ‘vamo’ (sic) ter esse negocio é para pagar atrações”, informa a transcrição dos grampos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade