05
dez
2019

É gravíssima a informação de que Carlos Bolsonaro tentou criar uma ABIN paralela, diz Márcio Jerry

A fala aconteceu na CPMI das Fake News, nesta quarta-feira, 4.

Durante as revelações de que Eduardo Bolsonaro lidera o chamado “gabinete do ódio”, grupo que ataca adversários políticos do clã Bolsonaro, o deputado federal Márcio Jerry afirmou que é gravíssima a denúncia de que Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), um dos filhos do presidente, tentou criar uma espécie de agência de espionagem para grampear e produzir dossiês contra inimigos políticos do pai.

“Como se admite que o filho tenha ousado, tenha o desplante, a arrogância, a estupidez autoritária de querer desenhar uma Abin paralela no coração do governo? Essa CPMI precisa ir a fundo nisso, convocar o depoimento do ex-ministro Gustavo Bebbianno (PSDB-RJ) para dar explicações, dentre todas as coisas inaceitáveis essa é a mais grave”, disse.

A fala aconteceu na CPMI das Fake News, nesta quarta-feira (4), onde a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), pela ex-líder do Governo na Câmara, revelou o esquema criado pelas milícias digitais da oligarquia Bolsonaro.

1 Comentário

  1. duquenilson almeida disse:

    Esse Ratojerry é muito cinico, E A ORDEM PARA A PM MA INVESTIGAR ADVERSARIOS POLITICOS DO GRUPO DE DINOQUIO?

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo