28
abr
2014

Buriti Bravo: Retratação do blog II….

A matéria de origem neste post: “Duas empresas fantasmas prestam ‘serviços’ milionário à Prefeitura de Buriti Bravo”, foi modificada após Audiência de Conciliação realizada manhã do dia 20 de julho de 2016, no juízo de direito da Comarca de Buriti Bravo – MA,  entre o titular do blog a parte ofendida: Cid Pereira da Costa – prefeito local.

Na presença da juíza Mayana Nadal Sant’Ana Andrade e da promotora de Justiça foi proposto acordo no sentido de retratação, os termos que seguem abaixo, o que faço:

–      A Administração  Municipal atendeu  devidamente os tramites conforme determina a Lei Geral das Licitações nº 8.666/93  e a Lei do Pregão  Presencial nº 10.520/2002, no que diz respeito ao objeto do certame, às exigências de habilitação, os critérios de aceitação das propostas  das empresas licitantes que participaram do Pregão Presencial nº 032/2013 e da Contratação Pública nº 004/2013;

–     A convocação dos interessados foi efetuada por meio de publicação de edital no Diário Oficial do Estado do Maranhão;

–    As empresas licitantes adquiriram o edital, e apresentaram no prazo legal as documentações exigidas pela Lei e conferidas pela Comissão Permanente de Licitação Municipal, portanto não são consideradas fantasmas por essa razão;

–     Não é papel da municipalidade e nem tão pouco exigência da lei, averiguar in loco as empresas participantes do certame, apenas, conferir a documentação exigida;

–      O processo licitatório foi realizado dentro dos parâmetros da Lei, inclusive, não havendo nenhum recurso de impugnação como é de praxe nos processos eivados de ilegalidades;

–     Com relação às empresas vencedoras da licitação, que cumpriram o cronograma físico-financeiro definido no contrato;

6 Comentários

  1. Edson Duarte disse:

    Raposa Tá Se Tornando o Paraiso das Empresas Fantasmas que as Prefeituras Contratram…. Que Título Mais Infeliz Esse…

  2. Maria da Piedade disse:

    Prefeitura de Buriti Bravo – compromisso com o desenvolvimento. kkkkkk

  3. blank Saade disse:

    O que me deixa completamente boquiaberto é que está tudo devidamente comprovado, exposto e entregue de bandeja para as autoridades competentes tomarem providencias e, pasmem, NADA ACONTECE. S e essa mesma denuncia fosse feita em rede nacional aí sim, apareceria o tal do Ministério Público. Aliás, o que é mesmo esse tal de MINISTÉRIO PÚBLICO??? PRA QUE MESMO QUE SERVE???
    Att
    Saade

  4. blank LUCIANO ARAUJO disse:

    MEU AMIGO VC SABE QUE EMPRESAS MUDAM DE ENDEREÇO E CONFORME CONSTA NO SITE DA RECEITA FEDERAL ESSAS DUAS EMPRESAS ESTÃO COM A SITUAÇÃO CADASTRAL ATIVA, NO MOMENTO DA LICITAÇÃO A EMPRESA APRESENTA OS DOCUMENTOS PARA SE TORNAR APTA A PARTICIPAR DA MESMA, AGORA SE LÁ NO ENDEREÇO NÃO TEM O PRÉDIO, AI JÁ NÃO É PROBLEMA DA PREFEITURA, OU VOCÊ ACHA QUE TEM COMO A PREFEITURA MANDAR UM FISCAL EM TODOS OS ENDEREÇOS DE TODAS AS EMPRESAS QUE PARTICIPAM DE LICITAÇÃO. VAMOS DENUNCIAR QUANDO EXISTIR IRREGULARIDADES.

  5. blank adalberto alves silveira (BEBECO) disse:

    É uma pena que fatos desse tipo aconteçam nos grandes centros mesmo com fiscalização e nos deixa indignados, e em uma cidade pequena como Buriti Bravo em que nos últimos 35 há anos o único progresso foi uma estrada asfaltada ligando Buriti Bravo a Colinas, mais de quatro em quatro anos nós renovamos nossas esperanças de que tudo vai melhorar, que tudo vai ser feito para melhorar a vida dos mais necessitados e de toda a população da cidade, mais de repente nós nos deparamos ainda com esse tipo de fatos lamentável, enquanto a maioria da população passa privações ou necessidades básicas de um ser humano, como eu e outros milhares de conterrâneos passamos em um passado não tão distante nesta mesma cidade, só existe uma forma de mudar tudo isto a população indo às ruas cobrarem, mais isto numa cidade pequena há o risco dos mesmo serem punidos severamente, a outra forma é não eleger mais o politico e os mesmos perderem todos os privilégios dados por nós a eles.

  6. blank Badeco disse:

    Interessante a observação do Luciano Araújo. Mas veja bem: quanto à empresa Rio Preto, é bom se notar que só existe um terreno baldio, sem nada, sem prédio algum. Se tivesse pelo menos um prédio poderia se dizer que a empresa de fato existiu ali, mas que mudou logo depois. No entanto nao existe predio, nao existe nada. Existe sim um matagal. Ou a empresa funciona no mato?

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo