30
ago
2016

‘Dono do Ibope vende até a mãe para ganhar dinheiro’, assegura pedetista Ciro Gomes

O Ibope é conhecido no Maranhão como a empresa que mais errou em pesquisas eleitorais; Os erros grosseiros foram confirmados, por exemplo, ao abrir das urnas na eleição de 2014.

Montenegro-Ibope

Para o ex-ministro Ciro Gomes, Carlos Montenegro, dono do instituto “é capaz de vender a própria mãe para ganhar uma eleição”.

Apesar de acreditar que o candidato a prefeito por São Luís Wellington (PP) esteja em fase de grande crescimento ao ponto de já ter alcançado a segunda colocação, não posso calar diante do ilógico resultado da pesquisa Ibope, contratada pela TV Mirante que diz ter ouvida 805 pessoas no período de 25 a 30 de agosto.

O levantamento registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo N° MA-08827/2016, alega que Edivaldo Júnior (PDT) possui 29%; Wellington do Curso (PP) 20% e Eliziane Gama (PPS) 16%. Francamente, não tem como acreditar que um prefeito com tamanha rejeição consiga liderar a disputa municipal com quase dez ponto na capital. Sustentar que Eliziane despencou mais da metade do seu desempenho em menos de 20 dias de campanha é outra insanidade.

Errou tudo em 2014

Na eleição passada, o Ibope errou nada mais nada menos do que 66,66% das previsões de resultado, o que significa que antes do primeiro turno, fora da margem de erro, os resultados do Ibope divergiram em 17 dos 26 Estados, mais o Distrito Federal. Na disputa entre Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB), o Ibope  indicava, no dia 4/10, que a presidente teria 46% dos votos válidos, enquanto Aécio Neves teria 27% e Marina Silva teria 24%. Com a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, Dilma estaria entre 44% e 48%; Aécio estaria entre 25% e 29%; Marina, entre 26% e 22%.

No Maranhão

Na eleição de 2014 no Estado, o Ibope também manteve a média assustadora de erros, que só acontecem, quando é para favorecer os candidatos do grupo Sarney.

De acordo com os números do Ibope/TV Mirante, o então candidato ao Palácio dos Leões, Flávio Dino (PCdoB) venceria a eleição com 59% dos votos, contra 38% de Lobão Filho (PMDB). Com a margem de erro, de três pontos para mais ou para menos, Dino estaria entre 56% e  62% e Edinho entre 35% e 41%.  Como se sabe, Flávio venceu a eleição  com 63,52% e Lobão 33,53%.

Para o Senado, o erro do Ibope foi ainda mais gritante. Segundo o instituto, Gastão Vieira venceria a disputa ao Senado, com 33%, contra 26% de Roberto Rocha. Ocorreu o inverso, Roberto Rocha venceu obtendo 51,54% e Gastão 44,48%. Até hoje o senador maranhense espera ao menos um pedido de desculpas, mas nada…

Vende até a mãe

Ainda me reportando àquela eleição, ficou famosa uma frase do ex-ministro, hoje pedetistas Ciro Gomes sobre o dono do Ibope, Carlos Montenegro. Ciro afirmou numa entrevista à RedeTV, que proprietário do instituto “é capaz de vender a própria mãe para ganhar uma eleição”.

Portanto, as previsões do Ibope para as eleições de 2016 em São Luís comprovam que o Instituto age com má fé para tentar enganar a opinião pública e  fraudar a eleição. Apesar de pouca vezes ter conseguido.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade