14
mar
2019

Dona Helenita precisa ser afastada da direção da escola Profª Augusta Maria

Aluno não conseguiu concluir matrícula por conta do cabelo estilo black power; Pais registraram boletim de ocorrência acusando racismo.

A diretora Helenita Rita Souza não possui mais condições de continuar à frente da escola municipal professora Augusta Maria Costa Melo, em São José de Ribamar.

A unidade de ensino ganhou destaque na mídia estadual após um aluno de oito anos não conseguir concluir a matrícula por conta do cabelo estilo black power. De acordo com as “normas” da escola, para conclusão da matrícula, o menino deveria cortar o cabelo.

O caso foi parar na delegacia. Os pais do menino registraram um boletim de ocorrência acusando a diretora de ter sido racista. A diretora da escola negou a acusação.

Em uma matéria da TV Difusora a diretora confessa que pediu aos pais para cortarem o cabelo da criança “social”.

A atitude da diretora foi condenada por órgãos de defesa da cultura negra, que classificaram a postura da escola como racista.

Secretaria de Estado da Igualdade Racial disse por meio de sua secretaria adjunta que o caso trata de uma manifestação de racismo que ainda está impregnada na nossa sociedade.

 

1 Comentário

  1. Thomas Turbando Hadias disse:

    Apoiado professora disciplina tá faltando país que fazem vontade filhos se dão mal sempre…

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo