17
set
2015

Documentos da Prefeitura e Corpo de Bombeiros aprovaram funcionamento do Golden Park

Autorização Especial da Secretaria Municipal de Habitação de São Luís e Licença Temporária do Corpo de Bombeiros aprovaram instalação e funcionamento do Parque de diversões no Aterro do Bacanga, pelo período de junho à de setembro de 2015.

12021826_923935361019967_793042401_n

O blog teve acesso com exclusividade nesta quinta-feira(17), a dois documentos de comprovação que o Golden Park mesmo interditado nos últimos dias pelo Procon-MA, possui todas as condições de funcionalmente para desempenho de suas atividades atividades regulares.

O primeiro documento (veja acima) trata-se de uma Autorização Especial nº 245/2015 emitido pela Secretaria Municipal de Habitação de São Luís (Semurh), datada de 23 de Abril de 2015 e assinada pelo Superintendente da área de Fiscalização de Postura, Marcio César de Castro Aragão.

Na autorização, a Prefeitura de São Luís por meio da Semurh, autoriza nos termos estabelecidos, o uso do espaço na Avenida Beira Mar, s/n, Aterro do Bacanga – Centro, para evento de instalação do Golden Park, pelo período que compreende 22 de junho à 20 de setembro nos horários das 17h às 23h.

O segundo documento (veja abaixo), uma Licença Temporária nº 0144/2015, assinada pelo Diretor de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros Militar no Estado do Maranhão, Wellington Soares Araújo (TC QOCBM), diz que mediante vistoria no dia 16 de julho de 2015, realizada pelo Sargento BM V. Silva, o espaço citado acima foi autorizado mediate os critérios pré-estabelecidos, pelo período de 17/06 à 20/09.

A  licença do Corpo de Bombeiros, assinado no dia 17 de julho de 2015, deixa também claro a capacidade máxima de 900 pessoas no Park e exige que a empresa siga o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico do Estado (COSPIP-MA).

Gerente

Sobre o acidente no Golden Park da última segunda-feira (14), o gerente Antônio César Santana Santos explicou que o Park segue todos os rigorosos padrões estabelecidos pela legislação para funcionamento do estabelecimento, lamenta o ocorrido e disse que a empresa está prestando todos a assistência necessária e à disposições dos órgãos competentes para quaisquer outro esclarecimento.

Perícia

As causas do acidente que deixou mãe e filha feridas no Parque devem ser conhecidas em breve. Equipe do Instituto de Criminalística (Icrim), órgão da Superintendência de Polícia Técnica da Polícia Civil, estiveram no local nesta na última quarta (16), para periciar o brinquedo ‘Polvo’.

A criança de oito anos recebeu alta, mas a mãe permanece internada, mas que vem apresentando melhoras. O laudo deve ser concluído em até dez dias, mas, o perito antecipa que dada a complexidade do caso, e das análises a serem feitas paralelamente ao laudo, o prazo pode ser ampliado.

12042194_923935327686637_137908100_n

2 Comentários

  1. blank José Garcia Martins disse:

    Gostaria de saber como o presidente do CREA, forneceu a ART, pois só o mesmo possui senha, para tal.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo