14
maio
2020

Dívida de caminhão, troca de agressões e curativo exagerado; entenda a confusão entre o vereador Beto Castro e um ex-assessor

Na briga de vizinhos, Sérgio diz que foi agredido; Castro rebate, sustenta que apenas se defendeu após ser atacado verbal e fisicamente.

Sergio trabalhava com Beto, mas hoje eles são desafetos…

Nos últimos dias, o titular desta página recebeu de inúmeros leitores os relatos de uma confusão ocorria na noite do último domingo (10), envolvendo o vereador Beto Castro (Avante) e um morador da Rua 12, no Bairro de Fátima em São Luís, identificado como Fernando Sérgio Mendes, que seria um ex-funcionário do parlamentar.

Após ouvir os dois áudios do morador que é vizinho de Beto e também verificar as fotos que mostram Sérgio “machucado” após a confusão, o Blog do Domingos Costa procurou o vereador, que se posicionou por meio de nota explicando sua versão nesse episódio.

No primeiro áudio, Fernando Sérgio diz que levou três pontos na testa após uma suposta coronhada a qual ele atribui autoria a Beto Castro. “Vou botar para fud… com esse vereador, eu fui para cima dele e ele disse que ia me atirar, mas não teve coragem e me deu uma coronhada após eu dar um tapa nele, foi isso que aconteceu” (sic), relata o morador.

Numa segunda explicação, publicada em um grupo de troca de mensagens, Sérgio ameaça o parlamentar e jura vingança por ter sido supostamente agredido.

“Olha ai grupo, a foto, o que esse safado, vagabundo fez comigo na porta da minha casa, mas ele vai me pagar, eu vou mostrar para ele com quantos pau se faz uma canoa; cheguei agora do IML onde fui fazer o corpo delito, vou mostrar para ele, esse vagabundo, como é que vai se fazer agora; ele não foi homem, não atirou, porque se eu tivesse com minha arma na mão tinha feito uma coisa com ele, mas tá bom, o pau agora vai rodar, o feitiço se tornou contra o feiticeiro”, (sic) promete o morador.

– VERSÃO DE BETO

O vereador diz que Sérgio possui um currículo cheio de confusões e, por essa razão, por onde passou foi demitido por ter uma conduta cheia de erros e mau comportamento. Entretanto, Beto afirma que mesmo diante do histórico do vizinho, concedeu uma segunda chance para ele, dando emprego e confiança.

“Vendi um caminhão no valor de R$ 65 mil, pagou apenas uma parte e o que ficou financiado ele não pagou o total das parcelas, apenas as cinco primeiras e até hoje não quitou as demais; devido suas atitudes suspeitas, tive que desligá-lo da minha empresa, antes mesmo de prejudicar nossa conduta.” Explica o vereador na nota.

Sobre a acusação de ter agredido o morador, Castro diz que, primeiro, Sergio agrediu seu irmão mais novo e machucou a sua filha. Logo, o vereador teve de procurar o vizinho para saber o motivo das agressões contra sua família, nesse momento, foi agredido pelo ex-funcionário e, então, agiu em legítima defesa.

Beto conta, ainda, que após se defender das agressões de Sérgio, o vizinho procurou veículos da imprensa, a exemplo da Rádio Mirante AM, para se vitimizar e mostrar fotos montadas.

O que ele [o ex-funcionário] vem postando em redes sociais e falando nas rádios, nada mais é que fotos montadas, pois não o agredir fisicamente, apenas sai e fui à delegacia me resguardar. Esclareço para mídia que meu comportamento é totalmente averso a essas fotos mentirosas, quem me conhece sabe que sou a favor de diálogo e bons acordos.” Diz o parlamentar.

– EXAGERO NO CURATIVO

Após ouvir as duas versões, o Blog do DC constatou que de, fato, existe exagero nas fotos publicadas nas redes sociais que Fernando Sérgio Mendes tenta se fazer de vítima.

Na tentativa de criar sensacionalismo – capazes de causar impacto, de chocar a opinião pública, sem que haja qualquer preocupação com a veracidade -, o ex-assessor mandou estampar um imenso “curativo” em sua cabeça.

Entretanto, as próprias imagens tratam de desmentir o suposto ferimento. No destaque, percebe-se que existe apenas um corte do lado do olho esquerdo – abaixo da sobrancelha, portanto, não há nenhum machucado na parte acima do olho ou na testa onde foi colocado um curativo imenso para dar a entender que o machucado foi “gigante”.

No destaque, um corte do lado do olho esquerdo – abaixo da sobrancelha, não há nenhum machucado na parte acima do olho ou na testa, mas um curativo imenso foi colocado.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo