30
out
2018

Dino: “Votos no Nordeste mostram convicção em temas de justiça social”

Governador reeleito Flávio Dino

O governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), fez uma análise de como o nordestino votou na eleição presidencial. Na visão dele, o resultado nas urnas mostrou a preocupação das pessoas da região com temas relacionados à justiça social.

“Em relação ao Nordeste, houve uma definição clara, madura acerca de uma visão sobre o desenvolvimento do Brasil. Há, infelizmente, daqui e de acolá, um ou outro mais exaltado do pensamento de direita no país que diz assim: ‘O nordestino não sabe votar’. A uniformidade, a homogeneidade desse voto mostra que, ao contrário, há muita convicção em relação a uma visão de desenvolvimento que seja inclusiva e que leva em conta a temática da justiça social, dos serviços públicos e o papel dos investimentos públicos”, disse ao UOL Dino, que atuou por 12 anos como juiz federal ao presidir a Associação Nacional de Juízes Federais (Ajufe) antes de se filiar ao PCdoB.

O governador fez uma comparação da eleição que resultou na vitória de Jair Bolsonaro (PSL), com o pleito de 1989, que teve o triunfo de Fernando Collor de Mello sobre Lula (PT).

“Lembremos do que foi o Collor e no que resultou. Também foi um voto antissistema, também foi um voto derivado de um presidente fraco. Outrora o Sarney, hoje o Michel Temer. E muito rapidamente houve a identificação que aquilo que seria antissistema, na verdade, era parte integrante desse sistema. Eu acho que o prognóstico dessa natureza, como este que faço agora, autoriza a supor que muito rapidamente as coisas devem voltar ao leito natural e, com isso, é preciso que neste momento as forças políticas principais do país, e eu nomino muito especialmente o PT e o PSDB estejam aptos a ocupar esse papel que será demandado dessas forças, logo adiante quando houver uma paralisação e muita confusão no país, uma agudização da crise econômica e da crise política vai gerar muita confusão.”

Ouça a entrevista completa AQUI

3 Comentários

  1. jose carlos silva disse:

    Governador, o que o verdadeiro nordestino quer é TRABALHO E DIGNIDADE, ele não quer essas ESMOLAS dessas bolsas , quer sustentar a família com seu suor. Essa ESMOLA, disfarçada de BOLSA, é uma forma dos governantes BANDIDOS escravizarem o brasileiro mais humilde. Simples assim.

  2. blank José disse:

    A elite política de PLANTÃO mantém o nordeste curral eleitoral…..mais fácil botar cabresto nas dóceis ovelhas……

  3. blank Iuri Sousa disse:

    Dino faz parte do grupo que deseja acomodar as forças políticas para, com discurso de mudança, manter as coisas como sempre foram mudando apenas os protagonistas.
    Os políticos, em breve, vão entender claramente que o recado das urnas foi republicano e democrático: nada mais foi que o clamor do povo, exigindo respeito do Governo e do Estado, que gerencia mal os recursos públicos e os resultados, é ineficiente e ineficaz, nada efetivo.
    Quando começou a operação Lava Jato disseram o mesmo.
    Por fim, observo algo interessante: todos os esquerdistas parecem saber direitinho como será o governo Bolsonaro, que ainda nem começou. Já estão o julgando por um governo que não aconteceu, mas cujos resultados anunciados pela esquerda serão o de deterioração do ambiente político e de crise econômica.
    Quem diria que Dino teria esse reles papel: de ser profeta da ideologia da inveja, que é o socialismo.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo