06
abr
2016

Dez fortes candidatos do PCdoB disputarão a ‘foice’ cadeira na Câmara de São Luís

Ricardo Diniz, Professor Lisboa, Geraldo Castro, Júlio Pinheiro, Batista Matos, Marcelo Poeta, Fernando Lima, Anderson Martins, Fátima Araújo e Paêta, irão brigar por três ou quatro cadeiras na Câmara de Vereadores nesta eleição.

ricardo-diniz-phs-31000

Atualizado às 18h – A corrida por uma cadeira no parlamento ludovicense entre os candidatos do PCdoB nesta eleição será a mais disputada da história. A sigla conta com pelo menos dez bons nomes, entre esses, dois vereadores. O partido trabalha para eleger de três a quatro parlamentares.

A dança das cadeiras na Câmara vai ser a “foice”, e quem bobear pode não conseguir um assento. E é bom que saiba logo: quem não tiver algo entre quatro a cinco mil votos, pode ir esquecendo o sonho do diploma, pois, dificilmente conseguirá lugar no plenário Simão Estácio da Silveira.

Eleito vereador da capital pelo PHS, Ricardo Diniz, decidiu na semana passada ingressar no partido do governador Flávio Dino. A chegada do parlamentar fortalece a sigla na Câmara, e coloca Diniz como nome forte para a reeleição. Fato negativo é que o Ricardo agora terá que dobrar sua primeira votação de 2.987 votos.

Mesmo após ter passado por sério problema de saúde em novembro de 2013, o vereador Professor Lisboa segue firme rumo a renovação do mandato. Com atuação destacada, o parlamentar que se elegeu com 2.903 votos é outro que precisa dobrar a votação.

Comunista da gema, Geraldo Castro histórico no partido, tirou 1.359 votos na eleição de 2012, mas agora vem fortalecido. O ex-secretário de Educação do governo Edivaldo Holanda, conta com apoio de importantes figuras do partido a nível Estadual.

Partido vem fortalecido para a disputa de cadeiras no parlamento municipal…

Júlio Pinheiro, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), vem de uma recente disputa: a eleição de 2014, quando tentou vaga na Assembleia Legislativa, não foi eleito, mas obteve 14.112 votos. Agora vem fortalecido para conseguir vaga na Câmara Municipal.

O suplente Batista Matos obteve na última eleição municipal exitosos 4.439 votos, nestas eleições aparece mais queimado que “pau de castanha”. Sua passagem na secretaria Municipal de Comunicação serviu para comprovar a pouca habilidade do político na gestão pública. Ele novamente tentará o diploma de vereador.

Nome forte para esta eleição também é Marcelo Poeta, com trabalho destacado no bairro do Anil e adjacências, o pré-candidato promete triplicar seu último desempenho nas urnas, quando obteve 1.516 votos, então filiado ao PRTB.

Médico cardiologista conceituado, o ex-vereador Fernando Lima quer voltar ao parlamento nesta eleição. O político eleito pelo PCdoB em 2008, perdeu o mandato na eleição seguinte quando saiu das urnas com 2.119 votos, que não foram suficientes para renovação do mandato. Agora, Lima vem revigorado e pronto para dar a volta por cima.

Já o suplente Anderson Martins deixou o PRB onde obteve 2.579 votos na eleição de 2012 e sonha com o investimento da deputada Ana do Gás para se eleger no dia 02 de outubro.

A suplente Fátima Araújo que chegou assumir a cadeira no ano passado, deixou o PRP para assinar a ficha no PCdoB. Na eleição de 2012 saiu com 2.670 votos. É considerada uma candidata competitiva e promete dar trabalho para os ‘camaradas’.

Dos ex-candidatos citados acima, Paêta foi o que teve o menor desempenho nas urnas na eleição passada, apenas 687 votos. No entanto, intensificou o trabalho no seu reduto eleitoral: a área Itaqui Bacanga, e anuncia que sua votação superará os 3 mil votos nessa eleição.

Então, façam suas apostas, quais serão os eleitos [3 ou 4] e os que ficarão na amargura da suplência [7 ou 6]???

paulo-cesar-do-merc-beira-marAcréscimo de informação –  A lista dos pré-candidatos a vereadores com chances no PCdoB aumentou para 11 (onze). É que o blog foi alertado para da permanência de outro suplente de vereador: Paulo Cersar, que continua nas fileiras do partido, e portanto, vai novamente encarar a disputa. Ele chegou assumir por meses a vaga na Câmara em decorrência do problema de saúde do titular da cadeira, vereador Professor Lisboa. Em 2012, Paulo obteve 2.562 votos.

Para não cometer qualquer injustiça, o blog acrescentou mais esse nome.

1 Comentário

  1. jonathan disse:

    Se Batista Matos está queimado, imagina Geraldo Castro, que deixou a Secretaria de Educação em um total estado de descaso.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

Publicidade