02
jun
2015

Deu a louca no deputado “demissão”

AdrianoSarney

Deputado “demissão” quer saída dos auxiliares do governador Flávio Dino(PCdoB).

Não poderia ser neto de outro político, senão de José Sarney. O novato deputado estadual Adriano Sarney(PV) parece que perdeu o senso de ridículo  antes mesmo de completar seis meses no parlamento estadual.

No mês de abril, o filho de Sarney Filho subiu na tribuna da Assembleia Legislativa para pedir a demissão do competente Antonio Nunes, Diretor do Detran-MA, ocasião que suspeitou de irregularidades no contrato entre o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão e a BR Construções. Resultado: “deu com os burros n’água”.

Na tarde de ontem(1º), de novo o mesmo blá,blá,blá. O deputado Adriano dessa vez, pediu a saída do secretário de segurança Jeferson Portela. Os argumentos do herdeiro de Sarney foram o que toda oposição utiliza: “Sem condições morais e éticas de permanecer no cargo e tal (…)”. As justificativas delirantes do parlamentar foram igualmente usadas nas duas ocasiões que pediu demissões dos auxiliares do governador Flávio Dino(PCdoB).

Já viu se o deputado estivesse na legislatura passada?! Quantas vezes teria subido na Tribuna para pedir a demissão dos auxiliares do governo de sua tia Roseana Sarney?! A começar pelo ex-secretário de segurança Aluísio Mendes; depois pediria a saída de Ricardo Murad da saúde; em seguida do titular do Desenvolvimento Social, Fernando Fialho, que usou empresas fantasmas para desviar recursos públicos e assim por diante.

Aí já viu se Roseana Sarney fosse ouvir o sobrinho, não iria restar nenhum de seus secretários…

5 Comentários

  1. ALEX SILVA disse:

    Caro blogueiro,
    Esse sarneyzinho não mandava nem no governo de sua tia ,imagina agora, em que o governo é oposição histórica a extinta oligarquia.

  2. blank Fred disse:

    DEMISSÃO SIM, ESSE SECRETARIO E INCAPACITADO PARA O CARGO. TEM QUE IR EMBORA.

  3. blank Segurança Pública disse:

    Tem que nomear os excedentes da polícia civil para o cargo de INVESTIGADOR e ESCRIVÃO (17 investigadores e 4 escrivães – formados pela Academia de Policia Civil do Maranhão – ACADEPOL-MA). Após o anuncio da nomeação dos 66 policiais civis (dentre eles delegados, peritos, investigadores , escrivães e médicos legistas), no inicio do ano, foi dito por questão orçamentária que não poderia nomear mais. É notório que não procede esta justificativa, pois os excedentes do cargo de delegados foram agraciados com mais 10 convocações recentemente, cujo o salário de 1 delegado paga 4 investigadores ou 4 escrivães, ou seja, dava para nomear mais 40 investigadores ou 40 escrivães – e só há 17 investigadores e 4 escrivães. Vale ressaltar que a validade do certame para delegado vai até o fim de 2016 e o dos investigadores e escrivães encerra este ano. Está sendo configurado um mau planejamento nestas nomeações voltada para segurança pública, principalmente para POLÍCIA CIVIL-MA.

  4. blank LUIS CARLOS disse:

    Na verdade o deputado tá requentando o café, pra não dizer malhando em ferro frio. É melhor contar piada. Quem tem que sair do governo é o Flávio Dino que até agora só “anuncia”, “autoriza” “determina” e nada é feito. Não tem uma oba sequer em andamento neste Estado. Só fala no passado, 50 anos, nada fizeram e ele mesmo se formou na Universidade Federal que o Zé trouxe para o Maranhão. Mas deixa pra lá. A segurança Pública dispensa comentários. O Maranhão virou quartel general da arquitetura criminal. A sociedade vive em polvorosa. E o Governo diz que vai convocar 2.000 policiais, recrutar delegados. Só esqueceu de dizer quando vai fazer isso. Viva a Utopia++++++!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo