30
dez
2023

Em projeto pioneiro do ministro Fufuca, detentos do MA irão produzir vestuário, acessórios e materiais esportivos 

A ideia do ministro dos Esportes, André Fufuca, é começar pelo Maranhão e estender o projeto por todos os estados brasileiros.

O projeto foi apresentado pelo próprio ministro ao secretário de Administração Penitenciária do Governo do Maranhão, Murilo Andrade, nesta sexta-feira (29), último dia útil do ano.

Fufuca apresentou o projeto ao secretário de Administração Penitenciária do Maranhão, Murilo Andrade no último dia útil do ano.

Idealizado pelo ministro dos Esportes André Fufuca, um programa pioneiro no Brasil visa promover a ressocialização de presos por meio de atividades produtivas, a começar pelo Maranhão, estado de origem do ministro.

O  projeto inovador intermediado pela Secretaria Nacional de Esporte Amador, Educação, Lazer e Inclusão Social estabelece oficinas produtivas de confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos destinados aos detentos maranhense.

Toda a papelada foi apresentado pelo próprio ministro ao secretário de Administração Penitenciária do Governo do Maranhão, Murilo Andrade, nesta sexta-feira (29), último dia útil do ano de 2023.

“Acreditamos firmemente no potencial de transformação que o esporte, o trabalho e a capacitação oferecem, e este convênio representa um passo significativo na direção da reinserção social e na construção de um futuro mais promissor para aqueles que cumprem penas.” Escreveu Fufuca por meio de suas redes sociais ao destacar a parceria.

A ideia do ministro Fufuca é começar pelo Maranhão e estender o projeto por todos os estados brasileiros.

“As oficinas proporcionarão oportunidades de aprendizado prático, desenvolvimento de habilidades técnicas e, acima de tudo, a chance de adquirir uma qualificação valiosa para a vida pós-reclusão. Além disso, a produção de vestuário, acessórios e materiais esportivos contribuirá para suprir demandas locais, fortalecendo laços com a comunidade e incentivando a responsabilidade social. União e Reconstrução!”, completou.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!