01
out
2016

Desesperado, prefeito de Loreto descumpre ordem judicial e divulga pesquisa fraudulenta

Foram divulgadas hoje, em ato de desespero, notícias afirmando que em Loreto, segundo uma pesquisa registrada sob n.o MA-00484/2016, realizada pela empresa de Goiânia, ARLETE A. SANDRI DA SILVA PESQUISA E CONSULTORIA, conhecida como DADOS PESQUISA E CONSULTORIA, a candidata Neidinha estaria na frente nas pesquisas em Loreto com 4,37% em relação ao outro candidato Marfran Bringel, sendo que a margem de erro de tal pesquisa é de 3% e os indecisos, os que não responderam somam 5,39%.

Desde ontem(30), a Coligação da referida candidata e outros representados já tinham sido notificados da ordem judicial liminar proferida na Impugnação ajuizada pelo Ministério Público de Loreto proibindo a divulgação de tal pesquisa pela internet ou QUALQUER OUTRO MEIO, sob pena de multa diária no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais), por fortes indícios de FRAUDE relatados conforme decisão abaixo.

Mesmo cientes da ordem judicial e proibidos de fazerem tal divulgação, os aliados do prefeito e da candidata estão divulgando levianamente, às vésperas do pleito, resultado falso com intuito de influenciar os eleitores e desfazerem o impacto que foi a última pesquisa divulgada nos dias 27/9/2016 e 28/9/2016 pelo Jornal O Estado do Maranhão apontando Marfran Bringel na liderança com 11% de diferença.

A atitude desesperadora vai render multa e condenação por divulgação de pesquisa fraudulenta e cabe agora o Ministério Público tomar as medidas para garantir o equilíbrio do pleito eleitoral.

Confira decisão abaixo:

img_5457 img_5458

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo