14
fev
2017

Guerreiro Júnior pede mais sete dias para “estudar” o processo de Trinchão na máfia da Sefaz

Julgamento do recurso de Trinchão é adiado outra vez; O esquema causou prejuízo superior a R$ 400 milhões ao erário.

Des. Guerreiro Júnior vai estudar a pela jurídica com mais calma… 

Mais uma vez foi adiado o julgamento do recurso de agravo por parte da defesa do ex-secretário de Fazenda, Cláudio Trinchão, investigado na operação Simulacro, popularmente conhecida como “Máfia da Sefaz”.

O desembargador Guerreiro Júnior, solicitou mais sete dias para estudar a peça jurídica e colocará em pauta o processo novamente na próxima terça-feira (21). A Justiça determinou bloqueio dos bens de Cláudio Trinchão e o ex-secretário recorreu.

No dia 31 de outubro, a 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica ingressou com uma Ação Civil Pública por atos de improbidade administrativa contra 10 pessoas envolvidas, entre elas Trinchão e a ex-governador Roseana Sarney, em um esquema de concessão ilegal de isenções fiscais na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo