08
Maio
2014

Deputados da oposição condenam terrorismo de Edinho Lobão

Uma entrevista do senador Edinho Lobão (PMDB), pré-candidato ao governo do estado pelo grupo Sarney, na última quarta-feira (07) à Rádio Mirante AM, repercutida nas redes sociais de internet e difundida o áudio por blog’s, na qual afirmou que está oferecendo R$ 20 mil para quem lhe apresentar denúncias contra o ex-presidente da Embratur e também pré-candidato da oposição, Flávio Dino (PCdoB), e prometendo envolver as famílias no embate eleitoral, provocou repúdio dos parlamentares que integram o bloco da oposição.

Edinho disse, no ar, que daria R$ 20 mil por dossiê e R$ 1 milhão para quem tivesse o vídeo acompanhando a denúncia. “Eu não posso admitir que isso seja algo praticado no estado do Maranhão. Não posso admitir que alguém se comporte desse jeito em relação a um processo eleitoral. O senador Edison Lobão Filho, no mínimo, tem que se retratar perante a opinião pública, tem que desdizer o que falou, porque isto é realmente uma ameaça ao processo democrático. É uma postura temerária. Isso é um elefante numa loja de louça que quer desmontar tudo, atropelar tudo”, defendeu o deputado Bira do Pindaré (PSB).

Para o parlamentar socialista,  Flávio Dino, com certeza, está muito tranquilo em relação a essa declaração, porque não tem nada a temer. Ele condenou, no entanto, o que considera uma ameaça e afirmou que é o tipo da postura que não contribui em nada ao processo democrático. “Vamos discutir o Maranhão, vamos discutir as propostas, vamos discutir as ideias, as soluções para os problemas do povo maranhense que tem os piores indicadores sociais do país, como é que a gente tira esse Estado do atoleiro? Esse é o debate que nós temos que fazer, é isso que a população espera e não esse festival de baixaria que este que agora foi escalado como pré-candidato está anunciando que vai fazer”, defendeu Bira.

Deputado Alexandre Almeida, único representante da base do governo a se manifestar sobre os discursos da oposição condenando o que consideram baixaria do grupo adversário, atribuiu o deslize da entrevista aos jornalistas do Sistema Mirante a erro técnico da emissora. Segundo Almeida, “o pré-candidato Lobão Filho concedeu entrevista no Jornal O Estado do Maranhão e depois, num bate papo com alguns jornalistas, os mesmos que fizeram a entrevista, fizeram uma gravação. E por um erro técnico esse bate papo foi veiculado ontem (quarta-feira) em um programa de rádio”, enfatizou.

Almeida disse ainda que não viu nada de mais nas declarações de Edinho e levantou suspeita de que o pré-candidato da oposição estaria usando helicóptero de um agiota para se deslocar em suas viagem ao interior do estado, no que foi imediatamente contestado pelo deputado Othelino Neto, que negou a denúncia e sugeriu que o acusador informasse o nome do agiota ou apresentasse uma representação ao Ministério Público.

O deputado Marcelo Tavares disse que ficou assustado com o nível baixo que Edinho quer transformar a eleição. “Quer discutir até as famílias, olhe o desespero! E eu quero deixar claro, deputado Alexandre Almeida, que existe um ditado que diz o seguinte: Quando você se junta aos porcos, você come farelo. Nós não nos juntaremos aos porcos, nós não iremos tão baixo, nós não estamos na vida pública para discutir famílias, nós deveríamos estar na vida pública para discutir um Maranhão e seus problemas, lamento que até V. Ex.ª vá a tribuna defender algo abominável”.

Segundo Tavares, “as pessoas de bem que fazem parte do grupo do governo e no grupo do governo também tem muita gente de bem, aqui tem muito deputado de bom caráter que defende o governo, tenho certeza que até estes não concordam com tamanho absurdo. Mas V. Ex.ª aceita prestar esse serviço, a arrogância, eu compro isso, eu compro aquilo, eu dou vinte mil para um, eu dou um milhão para outro, acha que vai comprar a eleição, está claro, acha que o Maranhão é mercadoria que está na prateleira à venda, é o resultado do que podemos tirar do que foi dito ontem”, observou Tavares.

“Nós não iremos comer farelo com os porcos , essa é a nossa posição, queremos discutir o Maranhão, propor ideias, apontar os problemas e mais do que apontar os problemas, propor as soluções, este é o papel que um bom candidato deve fazer. E o Senador Edison Lobão Filho,  já devia ter ganho experiência, porque está sentado no mais alto ponto do Congresso Nacional, já deveria ter se acostumado a discussões consistentes a respeito dos problemas do Brasil e as soluções para esses problemas. Parece que o ambiente do Senado não conseguiu transmitir ao senador a política travada com dignidade e respeito, não aos adversários somente, mas principalmente a população do Maranhão. Quando você quer usar o palanque para denegrir a família do adversário, é porque você não preza a sua, quando você quer usar o palanque para denegrir dessa forma, para atacar os adversários, é porque você não preza absolutamente mais nenhum valor da vida humana. E aí você passa a trilhar o mesmo caminho dos malfeitores”, concluiu Tavares.

Para o deputado Othelino Neto (PCdoB) está na hora de chamar a atenção porque nem começou a campanha e os maranhenses precisam ser respeitados. “Esse tipo de coisa que ele disse é um desrespeito com os maranhenses, é um desespero para chamar a atenção e tentar ser visto, tão grande, que não sabe mais o que diz, mas é preciso ter limites”. Segundo Othelino, o pré-candidato a governador precisa aprender a lidar com a diferença, com as intempéries da politica. “Talvez o excesso de facilidade não tenha permitido que ele tivesse treinado para conviver num ambiente de adversidade. Nós chamamos a atenção para a necessidade de termos a responsabilidade com a política e com a campanha, ela nem começou e já aparece uma proposta indecorosa de oferecer 20 mil, 1 milhão e depois ficar provocando a família alheia”, advertiu o parlamentar.

A deputada Eliziane Gama advertiu que “não podemos discutir o futuro do Maranhão baixando o nível, se for dessa forma será simplesmente um debate pobre, empobrecido, vamos elevar o nível e vamos discutir aquilo que nós precisamos discutir: a pobreza do Maranhão; vamos discutir acima de tudo um programa de saneamento responsável para este Estado, tirando a população da situação que nós estamos vivendo hoje, que infelizmente tem os piores indicadores do País”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

 

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo