13
maio
2015

Deputado Weverton participa de debate sobre a redução da maioridade penal

O evento foi realizado pela Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas e reuniu centenas de pessoas contrárias à redução.

UnB debate3

O deputado Weverton Rocha (PDT) participou, na manhã da terça-feira (12), na Universidade de Brasília – UnB, da Jornada da Liberdade, movimento contra a redução da maioridade penal, promovido pela Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas – ABRAMD. O debate reuniu representantes da Frente Nacional Contra a Redução da Maioridade Penal, legisladores, profissionais, professores, universitários, educadores sociais, grupos juvenis, lideranças estudantis e comunitárias e simpatizantes da mobilização contra a redução da maioridade penal.

A atividade contou com as palestras dos professores Rubens Adorno, autor do livro “A Construção da Juventude à margem”, Inês Galdolfo e Aparecida Penso, que assina a obra “Jovens pedem socorro”. Eles apresentaram relatos sobre como é construído o estado de exclusão brasileiro e os efeitos que isso tem gerado nos jovens.

Na ocasião, Weverton recebeu uma carta aberta da ABRAMD solicitando apoio e solidariedade em defesa da não redução da maioridade penal. O parlamentar maranhense colocou o mandato à disposição do movimento e reforçou as informações apresentadas no debate. “Constatei que o cenário de violência e o clamor popular por justiça é fruto de uma falência das instituições que nos atendem, tanto na área de segurança pública, como na educação. Temos que lutar pelas causas da violência, e não apenas nos efeitos”, ressaltou.

Durante o evento, o deputado recebeu a denúncia de que uma Comissão da ABRAMD foi interrogada e proibida de entregar a carta a parlamentares nas instalações da Câmara. O pedetista avaliou como um absurdo o ocorrido e prometeu averiguar o caso.

À tarde, durante a reunião da Comissão Especial da PEC 171/93 da Maioridade Penal, o deputado fez um pedido de questão de ordem para denunciar o ocorrido. “Isso envergonha a Câmara dos Deputados. Todo cidadão tem o direito de contatar seus representantes”, disse o parlamentar. O presidente da Comissão, André Moura, prometeu apurar o caso.

2 Comentários

  1. Viviane Alencar disse:

    Sua atuação esta muito correta, não vai adiantar nada reduzir a idade penal, muito do contrario, so tende a piorar, tem que evitar não punir.

  2. blank Edileusa Ramos disse:

    Estou super feliz com sua atuação na camara deputado, esta mostrando pra que veio e sempre conte com meu apoio. Precisamos de deputados competentes como o senhor.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo