25
fev
2015

Deputada Eliziane pede convocação de Collor, Dirceu e Palocci para a CPI da Petrobras

eliziane2

Deputada Federal Eliziane Gama (MA) vai integrar, como titular, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras

O líder do PPS na Câmara Federal, deputado Rubens Bueno (PR), indicou, nesta terça-feira (24), a deputada Eliziane Gama (MA) para integrar, como titular, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras. Ocupará a vaga de suplente, o deputado Moses Rodrigues (CE). A CPI será instalada na próxima quinta-feira (26).

O PPS foi um dos partidos que mais lutou, no Congresso, para instalar a comissão que investigará o pagamento de propina à políticos e partidos por meio de superfaturamento de contratos na companhia.

Logo após ser indicada pelo partido para integrar a nova CPI da Petrobras,  Eliziane Gama elaborou quatro requerimentos em que pede as convocações do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL), do atual ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e dos ex-ministros José Dirceu e Antônio Palocci, ambos do PT.

Collor será chamado a dar explicações, já que o doleiro Alberto Youssef afirmou aos procuradores que investigam o esquema de corrupção na Petrobras que o senador e ex-presidente da República teria recebido propina de R$ 3 milhões resultante de negócio da BR Distribuidora, subsidiária da estatal.

De acordo com Youssef, a propina resultou de um contrato no valor de R$ 300 milhões assinado em 2012 entre uma rede de postos de combustíveis de São Paulo e a BR Distribuidora.

Já o ministro da Justiça, na avaliação da parlamentar, precisa prestar esclarecimentos sobre a reunião que ele teria tido com o advogado da construtora UTC, Sérgio Renault, para tratar das investigações da operação Lava Jato da Polícia Federal.

Os requerimentos serão apresentados na quinta-feira (26) quando a CPI da Petrobras será instalada na Câmara.

Dirceu

O PPS quer também ouvir o ex-ministro José Dirceu – condenado no esquema do mensalão – que também teria se beneficiado do dinheiro desviado da Petrobras.

De acordo com reportagem do Jornal Nacional, o petista recebeu R$ 4 milhões de empresas envolvidas na Lava Jato a título de “consultoria”.

Alberto Youssef revelou em sua delação premiada que Dirceu e Antônio Palocci eram “as ligações” do lobista e operador de propina na Petrobrás Julio Gerin Camargo com o PT. Youssef revelou que Dirceu aparecia na contabilidade do esquema com o codinome “Bob” – suposta referência ao apelido de um ex-assessor de Dirceu. “Julio Camargo possuía ligações com o Partido dos Trabalhadores, notadamente com José Dirceu e Antonio Palocci.”, declarou Youssef à Justiça.

1 Comentário

  1. vanderley gonçalves disse:

    Boa Tarde,

    Parabéns à deputada Eliziane Gama, ela é competente, já provou isso na Assembléia Legislativa do Maranhão,agora merece respeito também na Camará Federal.

    V.Gonçalves

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo