17
ago
2016

Dep. Pedro Fernandes aparece em lista de gestores com contas desaprovadas

Convênio quando ainda era o chefe da Seduc como Pedro Fernandes entre os ficha sujas

Convênio com a prefeitura de Presidente Vargas, quando ainda era o chefe da Seduc, coloca Pedro Fernandes entre os políticos fichas sujas

Deputado Federal eleito em 2014 com mais de 85 mil votos, Pedro Fernandes Ribeiro, ex-secretário de Estado da Educação (Seduc) do governo Roseana Sarney, consta na lista dos gestores públicos que tiveram contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão encaminhada à Justiça Eleitoral.

O nome de Pedro Fernandes aparece em uma Tomada de Contas Especial (Processo 5524/2011) referente ao ano de 2006 por consequência de um convênio com a prefeitura de Presidente Vargas com a finalidade de construção de uma escola com a Seduc.

A relação contém nomes de todos os gestores públicos que tiveram contas julgadas irregulares ou desaprovadas nos últimos oito anos por decisão transitada em julgado (irrecorrível). A corte cumpre as determinações da Lei Federal nº 9.504/97, que estabelece normas para as eleições; e da Lei Complementar nº 64/90, que dispõe sobre casos de inelegibilidade, já com as alterações da Lei da Ficha Limpa (LC nº 135/2010).

O deputado federal que comanda o PTB no Maranhão foi procurado pelo blog para falar sobre a inclusão do seu nome na relação dos políticos fichas sujas, mas não foi encontrado.

PEDRO FERNANDE4S

Nome do deputado aparece na relação que o TCE-MA encaminhada à Justiça Eleitoral.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade