03
dez
2013

Crise, homicídios e muita incompetência na Segurança Pública do Maranhão

Tudo começou com a ida do Coronel Aldimar Zanoni para comandante-geral da Polícia Militar, sem qualquer consentimento do  Secretário de Segurança Aluísio Mendes, uma estratégia furada da Governadora diante dos altos índices de criminalidade, veja na postagem: “Segurança Pública: Roseana responde tentando mais uma vez enganar a sociedade”.

Em seguida, inventaram uma operação intitulada como “Operação Impacto” que, na prática, os efeitos são minúsculos. A bandidagem continua atacando quarteis, matando policiais, assaltando e, principalmente, causando terror à população.

aluisio-zanoni

Crise entre Aluísio e Coronel Zanoni já é pública

Sem poder demitir Aluísio – se lá por quais motivos – Roseana decidiu sacá-lo das decisões, chamou o alto comando da Polícia Militar para uma reunião de portas fechadas na residência do Senador João Alberto. Evidentemente, que nem teve a gentileza de convidar Aluísio. Daí tornou pública a crise entre o Secretário da SSP e a Polícia Militar.

A reunião, além dos Coronéis, contou com presença de demais autoridades que ouviram as frases já repetitivas e enjoadas de Roseana sobre o enfrentamento fictícios da bandidagem: “…não mediremos esforços…”; “…não daremos trégua….”,.

Chamou atenção a tática do Governo do Estado para combater a criminalidade, entre elas, a compra de viaturas junto a Empresa Duvel, da família Dualibe. O aumento do efetivo da polícia que é necessidade urgente, dona Rose nem tocou.

O Secretário de Segurança não consegue mais comandar Zanoni, que na escala de hierarquia é subordinada à SSP, porém, tem carta branca dada pela governadora Roseana Sarney, de quem diz, segundo fontes, receber ordens direta e repassar à tropa.

Enquanto a SSP e a PM batem cabeça, os índices de violências só aumentam, são inúmeros assaltos, explosões de caixas de bancos quase que diariamente e assassinatos no interior do Estado, e na Ilha de São Luís, o aumento da criminalidade é a prova da incapacidade do Governo Roseana Sarney no gerenciamento da Segurança Púbica. São dezenas de homicidários semanalmente, reforçando a tendência que vem sendo registrada ao longo de todo o ano.

O mês de novembro registrou uma média de mais de dois homicídios dolosos por dia, de acordo com os dados divulgados pela Polícia Técnica do Instituto Médico Legal (IML), foram 75 casos de mortes violentas.

Somente nos três primeiros dias do mês deste mês de dezembro, foram sete homicídios registrados na Região Metropolitana de São Luís. Sendo quatro somente no último domingo (1º).  Na Cidade Olímpica, em São Luís, Anderson Borges Costa, de 18 anos de idade, foi atingida por disparos de arma de fogo. No Maracanã, Zona Rural, Leonardo Silva Maia Santos, de 21 anos, foi vítima de arma de fogo. No bairro João de Deus, Marilene Pinheiro Oliveira, de 45 anos, foi atingida por disparos de arma de fogo dentro do próprio estabelecimento. E na Ponta d’Areia, José Carlos Rodrigues de Jesus, de 26 anos, foi vítima de arma de fogo, em via pública.

Ontem, segunda-feira 01/12 em Pedrinhas, uma vítima, sem identificação, foi vítima de arma branca. Já nas últimas horas, outros dois casos de homicídios foram registrados na Região Metropolitana. Ronildo Costa de Aragão, de 23 anos, foi assassinado no bairro Vila do Povo, município de Paço do Lumiar. E, em São Luís, Ítalo Rodrigues Borges Alves foi vítima de homicídio no bairro de Fátima.

Enquanto isso, continua o mistério sobre a permanência de Aluísio, segundo fontes, Mendes é apadrinhado por Ricardo Murad que aconselhou tirá-lo somente no prazo limite para desincompatibilização, quando deve concorrer a uma vaga na Câmara Federal.

Coisa do Governo Roseana Sarney…

1 Comentário

  1. MARANHENSE JUSTICEIRO disse:

    Um absurdo essa falta de vergonha da governadora.
    Ainda mais dar previlegios aos primos ladrões do marido.
    Quer dizer que aqueles carros da Ford tem potencia e estão preparados mais do que os outros de marcas diferentes? qual policia estadual de outro estado brasileiro usa carros da Ford?
    E ainda mais: esses Duailibe levaram varias obras com a outra empresa, Ducol, e nunca entregaram.
    Que o novo governo venha e moralize tudo isso e cadeia para esse bando de ladrões.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade