18
dez
2013

Crise aumenta e Deputados da base já ameaçam não votar o orçamento de 2014

Deputados ameaçam, “Se Roseana aumenta as mamadas o orçamento não será votado”

Parece que o mosquitinho que mordeu a suplente deputada Priscylla Sá(PEN) e o Deputado Edilázio Junior(PV) causou uma epidemia na Assembleia Legislativa do Maranhão.

A  votação do orçamento do governo do estado de 2014 está travada pela discussão das emendas parlamentares. Os deputados querem aumentar o valor da emenda para R$4,2 milhões para cada parlamentar. O governo quer manter o mesmo patamar de 2013: R$ 3 milhões.

O orçamento deveria ser votado na Assembleia Legislativa deveria ter sido votado nesta quarta-feira (18), mas ficou adiada para quinta-feira (19). Mas ainda não está certo que será de fato votado amanhã. O prazo final é sexta-feira, último dia para o encerramento das atividades legislativas em 2014.

Caso governo e Assembleia não cheguem a acordo e o orçamento não seja votado, o governo começará trabalhando em 2014 com o orçamento de 1/12 do projeto original até que seja apreciado pela Casa.

O secretário adjunto de Assuntos Políticos, Júnior Marreca, negocia com os deputados a votação do orçamento.(As informações são do Blog do Clodoaldo Corrêa)

1 Comentário

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo