10
ago
2017

Confira os quatro vereadores de São Luís que estariam fora se o “distritão” fosse válido em 2016

 Gaguinho, Genival, Cézar Bombeiro e Silvino Abreu são teriam sido eleitos; Bispo Paulo, Sebastião Albuquerque, Paulo Victor e Armando Costa seriam os titulares das cadeiras.

Gaguinho, Genival, Cézar Bombeiro e Silvino Abreu, foram os menos votados e estariam fora…

A comissão da Câmara que analisa a reforma política aprovou nesta quinta-feira (10) uma emenda que estabelece o chamado “distritão” para a escolha de deputados federais, deputados estaduais e vereadores.

Ao que tudo indica, a proposta que passará também pelo plenário da Câmara (votação em dois turnos) e pelo Senado deverá ser aprovada para as próximas eleições.

Diferente do sistema proporcional, com é válido hoje, no “distritão” são eleitos os mais votados em cada Estado e município. Isto é, não são levados em conta os votos para o partido ou a coligação.

Sobre o assunto, o Blog do Domingos Costa fez um levantamento baseado na eleição do ano passado em São Luís.

Hipoteticamente, se já estivesse aplicado esse novo modelo, haveria mudança em quatro das 31 cadeiras da Câmara de Vereadores da Capital.

Com o "distritão" Bispo Paulo, Sebastião, Victor e Armando seriam os titulares das vagas.

Com o “distritão” Bispo Paulo, Sebastião, Victor e Armando seriam os titulares.

– Não seriam eleitos: Edson Gaguinho (PHS) – 4.028 votos; Genival Alves (PRTB) – 3.030 votos; Cézar Bombeiro (PSD) – 2.248 votos e Silvino Abreu (PRTB) – 2.233 votos.

– Seriam eleitos: Bispo Paulo Luiz (PRB) – 7.237 votos [8º colocado], Sebastião Albuquerque (PRP) – 5.501 votos [12º colocado]; Paulo Victor (PROS) – 4.562 votos [23º colocado] e Armando Costa (PSDC) – 4.302 votos [26º colocado].

Portanto, caso o “distritão” estivesse vigorado na eleição de 2016, haveria a mudança de quatro vereadores no parlamento municipal, vez que obtiveram mais votos que os atuais detentores das cadeiras.

Seguindo ainda na mesma vertente, com o inesperado falecimento do vereador Edmilson Jansen (PTC), quem assumiria a vaga hoje ocupada por Antonio Garcez (PTC), seria o primeiro suplente do “distritão”, no caso, Rommeo Amin (PCdoB) – 4.106 [32º colocado].

  • LEIA TAMBÉM:

– Por ordem de votação, confira a “cara” dos vereadores eleitos na capital

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo