05
abr
2015

Com ajuda, quatro detentos fogem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas

Detentos utilizaram corda para escaparem (imagem retirada do G1MA)

Detentos utilizaram corda para escaparem (imagem retirada do G1MA)

Segundo confirmado pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Sejap) e Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), por volta das 4h da manhã deste domingo (5), quatro detentos escaparam do Centro de Detenção Provisória, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, após serem ajudados por homens armados.

Vários veículos que estavam estacionados em frente ao Complexo começaram a atirar contra as guaritas de seguranças, onde houve troca de tiros com policiais do Batalhão de Choque. Usando uma corda, quarto detentos conseguiram escapar

Os detentos identificados como Adeilton Alves Nunes, Ilton Carlos Martins, John Lennon da Silva Lima e John Carlos Campos Silva continuam foragidos, ainda na fuga ao passarem pelo posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), efetuaram disparos e houve mais troca de tiros onde um policial acabou ferido no pé. O veículo usado na fuga dos detentos foi abandonada no Campo de Perizes e apreendido pela Policia Militar com apoio do GTA e da Polícia Rodoviária Federal. Dada a gravidade do episódio, a SSP-MA e a Sejap seguem com o empenho integral de suas equipes na operação de captura.

3 Comentários

  1. EDMILSON MOURA disse:

    USARAM A ARMA MAIS MORTAL DO MUNDO?

    Meu ilustre blogueiro DOMINGOS COSTA. Eles usaram até arma mais mortal do mundo? acho que sim, pois É difícil dar o título para uma única arma porque elas podem ter funções muito diferentes. Existem, por exemplo, armas superprecisas do tipo “alvo seletivo” – elas mostram a vítima ao atirador com um detalhamento absurdo. Outras se notabilizam pelo poder de destruição. “E não se pode esquecer de um terceiro tipo de armamento, as armas leves e pequenas. Altamente disseminadas pelo mundo, elas são responsáveis por 500 mil mortes por ano”, diz o engenheiro Matt Schroeder, diretor do projeto de monitoramento de venda de armas da Federação dos Cientistas Americanos. Por causa dessas diferenças, dividimos as armas mortais em cinco categorias: a arma mais usada, a campeã de mortes por minuto, a mais versátil, a mais potente e a que tem maior distância de tiro. Confira como são essas máquinas de matar! Veja o poder dessas armas, e sua origem. Não tem mais onde furar Trabucos explodem tanques, acertam alvos a mais de 1 km e matam milhões. A arma com mais mortes por minuto – ak 47.País de origem – Rússia. Comprimento – 87 cm. Calibre – 7,62 x 39 mm. Peso – 4,3 kg (descarregada). Assim como a Uzi, esse rifle de assalto dispara 600 tiros por minuto. Mas sua área de alcance efetivo é maior: ele é capaz de fazer vítimas num raio de 300 metros a partir do disparo. Apesar de não ser tão disseminado quanto a submetralhadora israelense, o AK 47 é campeão no quesito mortes por minuto porque causa ferimentos mais graves e letais. É a mais efetiva arma de fogo. DESTAQUE – Sua facilidade de uso e montagem – um soldado com alguma experiência é capaz de deixá-lo pronto para mandar bala em um minuto. Não à toa, o AK 47 é o preferido de grupos de terroristas e milícias em guerras civis.

    Edmilson Moura.
    Blog REBELDE SOLITÁRIO

  2. blank Ferreira disse:

    A segurança pública não se faz somente com policiamento ostensivo (policia militar), é feita em conjunto com a policia investigativa (policia civil). Até agora o Governo só se preocupa em convocar, candidato excedentes do concurso da PM, para o TAF (teste de aptidão física) que é a primeira peneira até chegar à academia de policia. Após o TAF tem, a peneira dos testes psicotécnicos, exames médicos e investigação social. É um processo muito longo até ser posto em exercício. Para os excedentes da policia civil (policia judiciária, investigativa, serviço de inteligência etc.) não precisa passar por estas etapas, pois todos já estão formados pela ACADEPOL com seus diplomas em mãos, só faltando a nomeação para entrar em exercício. O Governo anunciou no início do ano a nomeação, para este mês, de alguns excedentes. Por que não chamam todos? por exemplo: para o cargo de investigador são 40 excedentes e serão nomeados somente 30, para o cargo de escrivão são 4 excedentes e será nomeado somente 1. E assim para os demais cargos.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo