08
maio
2021

Caso Edivaldo Holanda Jr aceite o convite de ser o candidato de Bolsonaro no MA, Weverton será rebaixado para terceira via

Ex-prefeito de São Luís teria pelo menos seis partidos, e nessa conjuntura, as direções estaduais das legendas teriam que aceitar a imposição vinda das nacionais sob o argumento que o projeto é “macro” e possui interesse eleitoral direto de Bolsonaro.

Interlocutores afirmam que Holadinha aceitou ser o candidato de Bolsonaro no Maranhão para 2022...

Interlocutores afirmam que Holandinha estuda a possibilidade de ser o candidato de Bolsonaro no Maranhão para 2022.

Uma grande articulação Maranhão/Brasília está em curso para fazer do bem avaliado ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior (sem partido) o candidato do presidente Jair Bolsonaro na disputa pelo Palácio dos Leões.

O Blog do Domingos Costa recebeu informações em primeira mão de uma fonte direta de Brasília que assegura existir um projeto para formar palanque “gigante” a “Holandinha” nas eleições de 2022.

Até medes atrás, Edivaldo não estava disposto entrar na disputa estadual, porém, foi colocado na mesa uma proposta “irrecusável” para ele.

Nessa proposta, o ex-prefeito da capital maranhense teria duas opções de filiação: o PSD ou então o partido no qual o presidente Bolsonaro irá se filiar nos próximos meses. Assim sendo, Holanda Júnior garantiria todas as demais agremiações partidárias ligada à direita.

A se concretizar, Edivaldo teria o PSD, PMB (mudou de nome para Brasil33), PTB, PSL, PRTB e até o Republicanos. Nessa conjuntura, as direções estaduais dos partidos teriam que aceitar a imposição vinda das nacionais sob o argumento que o projeto é “macro” e possui interesse eleitoral direto de Jair Bolsonaro.

Ainda nesse projeto embrionário, o espaço no “grupo” estaria franqueado para o PL de Josimar de Maranhãozinho integrar a chapa de Holandinha, dado a liderança do deputado federal no interior maranhense.

Outra ideia desse projeto é apoiar o nome do senador Roberto Rocha (sem partido), que nesse caso, seria o candidato a reeleição do grupo com as bênçãos de Bolsonaro.

O objetivo súpero desse desenho eleitoral é polarizar a eleição no Maranhão entre o candidato do governador Flávio Dino, no caso, Carlos Brandão (PSDB), contra o candidato do presidente Jair Bolsonaro – que seria Edivaldo Jr.

Caso seja materializado esse cenário – até agora hipotético, a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) seria praticamente esvaziada e se tornando apenas uma terceira via.

Especulações à parte, de certo mesmo, hoje, é que existe uma grande articulação em curso para garantir de seis a dez partidos a Edivaldo Holanda Júnior disputar o governo do Maranhão.

Vamos aguardar…

2 Comentários

  1. Helio Neves disse:

    Gente vocês fumaram o que?
    Holandinha candidato de Bolsonaro!!!!!
    Esse rapaz se vendeu há 8 anos atrás aos comunistas, essa história de querer ser direita agora é somente mais um Projeto do consórcio Dinista que terá uma reedição em 2022.

  2. Helio Neves disse:

    Gente vocês fumaram o que?
    Holandinha candidato de Bolsonaro!!!!!
    Esse rapaz se vendeu há
    Polarizar kkkkj
    Flávio X Dino
    Gente para, tá ficando feio.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade