22
jan
2015

Bomba! Denasus realizará auditoria na saúde de Raposa

 ex-secretária de Saúde Nancy Fernandes Carneiro(2009 a 2012)

Gestão da ex-secretária de Saúde Nancy Fernandes Carneiro será auditada pelo Denasus e os ‘podres’ viram à tona

O Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus) realizará auditoria na Secretaria de Saúde do Município de Raposa durante toda a próxima semana, os trabalhos começarão a partir da segunda-feira 26/01 e se estenderá até sexta-feira 30/01.

O Denasus investigará indícios de irregularidades e/ou impropriedades na aplicação dos recursos públicos em ações e serviços de saúde durante a gestão da ex-secretária de Saúde Nancy Fernandes Carneiro (2009 a 2012) e também do ex-secretário Márcio Greik(2013).

Os auditores irão fazer um ‘pente fino’ nos pagamentos de ações e serviços de saúde, transferência de recursos federais da conta do Fundo de Saúde para outras contas entre outros. Serão minuciosamente verificados os recursos do abastecimento de água para a prevenção e controle de agravos; Incentivo financeiro para execução e ações da vigilância sanitária; Programa Saúde da Família; Farmácia Básica e Saúde Bucal.

Sem sombra de dúvida, a auditoria vai identificar profissionais cadastrados exercendo suas funções irregularmente, além de detectar contratos irregulares e muito desvio de recursos.

Basta esperar e conferir…

Descoberto esquema de desvio de recursos do SUS

Correspondência do SUS diz que a criança de 4 anos passou 5 dias internado para tratamento de pneumonia, o que nunca aconteceu; segundo a mãe

Correspondência do SUS diz que a criança de 4 anos passou 5 dias internado para tratamento de pneumonia, o que nunca aconteceu; segundo a mãe

No mês de junho de 2013, o blog denunciou que a ex-secretária a de saúde, Nancy Fernandes Carneiro, filha do ex-prefeito, Onacy Vieira Carneiro, estava por trás de uma fraude no Sistema Único de Saúde de Raposa.

Na ocasião, publiquei que uma moradora da Rua da Glória no Município recebeu uma carta do Ministério da Saúde, endereçada com o nome de seu filho que completara 5 anos, onde o SUS, questionava se o filho dela foi bem atendido durante tratamento e internação na Unidade Mista Drª Nemércia Dias Pinheiro.

O problema é que segundo a mãe do garoto, o seu filho nunca ficou internado em hospital de Raposa, no caso a Unidade de saúde, localizado na Rua Boa Esperança no Centro da cidade.

Ainda de acordo com as informações da mãe da criança, o tratamento de pneumonia ou influenza (GRIPE), que a correspondência do SUS descreveu, entre os dia 01/11/2012 a 05/11/2012, coincide com o dia do aniversario de  4 anos, ela lembra que seu filho estava muito saudável e não foi internado para tratamento de nenhuma doença.

“Isso é uma fraude, alguém de alguma forma pegou os dados do meu filho e mandou para o SUS para passar como se ele tivesse sido internado, o que não é verdade. Acredito que exista outras pessoas em Raposa que receberam essa correspondência com informações mentirosas”, disse a mãe do garoto.

Além das invenções de internações, pode ter havido em outros casos, procedimentos cirúrgicos fictícios e aumento nos dias de internações para ganhar mais recursos do SUS. Esse foi apenas um, das centenas, ou milhares, de casos de fraudes cometidas contra o Sistema Único de Saúde (SUS), em que recursos eram desviados para tratar pacientes que nunca passaram pela Unidade Mista de Raposa.

Ainda de acordo com a correspondência, o valor total pago pelo SUS no atendimento do jovem raposense foi de R$ 614,42. O volume de dinheiro desviado e a quantidade de outros casos de internações e cirurgias pagas pelo governo federal que foram cadastradas como se tivessem sido feitas, sem nunca ter sido executado, são alarmantes.

O caso do garoto comprovou inteiramente as suspeitas de fraudes no faturamento dos serviços por meio da produção “fictícia” de procedimentos não realizados. A fraude consistia em inflar o faturamento do hospital por meio da falsificação de fichas de atendimento e laudos de exames.

Agora segura teu veneno dona Nancy Carneiro!!!

Leia também:

– Escândalo! Prefeitura de Raposa paga aluguéis de ambulâncias que pertencem ao Município

1 Comentário

  1. Gomes disse:

    Bom dia, Domingos!
    Corrija o título da matéria, o correto é auditoria e não auditória, como vc colocou.
    Abs!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

CONTAGEM REGRESSIVA

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894